Reprodução
Reprodução

Ator Adriano Reys morre no Rio aos 78 anos

Ele estava internado havia 10 dias para tratar de um câncer no fígado e no peritônio; corpo será velado no São João Batista, em Botafogo

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

20 Novembro 2011 | 12h45

O ator Adriano Reys, de 78 anos, morreu na manhã deste domingo, 20, no Hospital Copa D'Or, na zona sul do Rio de Janeiro. Segundo informações da assessoria do hospital, ele estava internado havia 10 dias, para tratar de um câncer no fígado e no peritônio.

 

De acordo com o hospital, Adriano morreu às 9h30 de hoje. O velório do corpo do ator deve ocorrer na tarde deste domingo, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, na zona sul, do Rio.

 

Segundo a administração do cemitério, o corpo já estava na capela 2 do velório. Adriano Reys deverá ser cremado. Ainda não há confirmação sobre a data da cremação.

 

O ator nasceu no Rio de Janeiro em 20 de julho de 1934 e começou sua carreira artística no cinema em 1953. Na década de 70, esteve na TV Tupi, de São Paulo, onde participou de várias novelas. Em meados de 1980, foi para a TV Globo, na qual fez as novelas Selva de Pedra, Vale tudo e Mulheres de areia.

 

Seus últimos trabalhos foram na Record, na terceira fase da novela Mutantes e Promessas de Amor, que terminou em agosto de 2009.

 

Texto atualizado às 15 horas

Mais conteúdo sobre:
Adriano Reysatornovela

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.