Aqui é ruim; já na Europa...

Morra de inveja, assinante dos canais pagos. Escreve a leitora Isabela Fábio Prado - ela mora na Europa, e contratou um dos serviços regionais de sinais fechados. Sim, é europeu: a empresa oferece os pacotes dentro do conceito de portabilidade, ou seja, mudou de endereço ou de país, leva a assinatura junto. O tempo máximo para a instalação é de 24 horas a contar do momento em que é comunicada a transferência. Como brinde de boas-vindas no domicílio atual, recebeu senha para pacotes notáveis, como a memória do Festival de Leipzig, um dos maiores eventos da música erudita mundial, e a filmografia de diretores como Federico Fellini. As transmissões por satélite incluem duas redes do Brasil. Canais de compras? Pregadores eletrônicos? Estão fora, naturalmente. Entretanto a perfeição acaba aqui. A TV aberta não é digital em muitos países e utiliza tecnologia analógica defasada. Morreu essa semana uma dama especial, dona Danutta Jezierski, 85 anos. Usuária exigente e fiel da TV a cabo, enviava cartas e mensagens regulares para esta seção apontando problemas e soluções. No último contato, um bilhete delicado, sugeria que passasse a ser obrigatória a informação dos horários alternativos dos episódios das séries. Gostava de Men in trees, da Warner. O seriado acabou na segunda temporada. Dona Danutta assistiu.. Cinco cidadãos de diferentes cidades exploradas pela NET, a maior operadora do País, enviam e-mails tratando do mesmo assunto, as insuportáveis maratonas. Um deles destaca que "somente no domingo (hoje) a Fox vai exibir sete horas de The Simple Life e outro tanto com a família Simpsons, chatíssima depois que ficou politicamente correta". Outro, fã de esportes, usa a palavra "denúncia" para definir as 9h15 horas de Tênis Master 1000 para o qual Sport TV-2 abre seu espaço das 15h em diante. Os demais seguem na toada. Eram jovens em 1977? Boa. Hoje, às 22h,no Cult, tem Embalos de Sábado à Noite .

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.