Ramón Vasconcelos / Globo / Divulgação
Ramón Vasconcelos / Globo / Divulgação

Após vídeo polêmico, William Waack deixa a TV Globo

Emissora divulgou comunicado oficial na manhã desta sexta-feira, 22, confirmando o "encerramento consensual do contrato"

O Estado de S.Paulo

22 Dezembro 2017 | 10h50

A Rede Globo anunciou na manhã desta sexta-feira, 22, a rescisão do contrato com o jornalista William Waack. Waack comandava o Jornal da Globo e o Painel, na Globo News, e estava afastado desde novembro após acusações de racismo

+++ William Waack é afastado do 'Jornal da Globo'

O comunicado é assinado pelo diretor de jornalismo da TV Globo, Ali Kamel e pelo ex-âncora do Jornal da Globo. No texto, Waack diz que não teve a intenção de ser preconceituoso e que “repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças”. O jornalista ainda pede "desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito". 

+++ Lázaro Ramos responde William Waack: 'Racismo é crime e ponto final'

+++ William Waack tenta ser irônico e leva 'patada' tripla, ao vivo, de Cristiane Dias

A jornalista Renata Lo Prete assume definitivamente a apresentação do Jornal da Globo e do Painel da Globo News. E o jornalista Heraldo Pereira passa a comandar o Jornal das Dez da Globo News.

Leia abaixo o comunicado da Rede Globo:

“Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito. A TV GLOBO e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham.  A TV GLOBO reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV GLOBO e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração”.

+++ William Waack é internado e passará por cirurgia; Tramontina é escalado às pressas

 

Mais conteúdo sobre:
William Waack Rede Globo racismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.