REUTERS/Mario Anzuoni
REUTERS/Mario Anzuoni

Após 17 anos, Courteney Cox deixa de ser a única do elenco de 'Friends' sem indicação ao Emmy

Para especialista, nomeação da artista pode ser vista como homenagem, reparação e campanha da HBO

Júnior Morereira Bordalo, Especial para o Estadão

14 de julho de 2021 | 17h11


Além da HBO Max ter lançando o episódio 'Friends: A Reunião' este ano após 17 anos do final da série, os fãs de Friends estão com motivo a mais para comemorar. Isso porque a atriz Courteney Cox foi indicada ao Emmy pela primeira vez na vida. A nomeação, que aconteceu nesta terça-feira, 13, foi para a categoria Melhor Especial de Variedades, em que a atriz é uma das produtoras executivas.

Nas redes sociais, Courtney compartilhou uma foto acompanhada do elenco e celebrou a novidade. "Aquele em que somos extremamente gratos à Academia por esta homenagem e especialmente gratos a Ben Winston [diretor] e toda a sua equipe por sua notável realização“, escreveu na legenda.  

 


A artista declarou em entrevistas anteriores a "mágoa" por até então nunca ter sido lembrada pela premiação, vista como a mais importante para a televisão dos Estados Unidos. "Isso sempre me machucou. Quando cada um dos meus colegas foi indicado, mas eu não, isso me machucou. Eu sempre fiquei muito feliz por todo mundo que foi indicado, mas quando eu fiquei como a última sem indicações, foi um choque: 'por que só eu?'", desabafou durante uma participação no programa comandado por Howard Stern, na SiriusXM. 

A cineasta, produtora e apresentadora do podcast Biscoteiras - focado em temporadas de premiações -, Carissa Vieira, acredita que este momento pode ser visto como uma homenagem a Courteney, mas também uma “reparação”. “Essas premiações funcionam muito através de ‘lobby’. E antes das indicações, ela deu entrevistas falando sobre como ficava triste por ser a única a não ser lembrada. Não é por acaso que isso aconteça pouco antes da data que saem os nomes. Faz parte da campanha para abocanhar uma indicação”, reforça e completa: “Junte tudo isso à nostalgia do especial, a influência e apelo que Friends ainda tem. Acaba sendo um resultado até óbvio”. 

Durante as dez temporadas do sitcom (1994 - 2004), todos os outros do elenco principal foram finalistas ao Emmy. David Schwimmer e Matthew Perry tiveram uma indicação cada, em 1995 e 2002, respectivamente; Matt LeBlanc foi lembrado três vezes (2002, 2003 e 2004); Jennifer Aniston foi indicada cinco vezes (2000, 2001, 2002, 2003 e 2004) e saiu vencedora em 2002; já Lisa Kudrow recebeu seis indicações (1995, 1997, 1998, 1999, 2000 e 2001), levando a estatueta em 1998.

Carissa Vieira aponta que o não aparecimento da atriz em listas anteriores foi fruto da falta de “campanha boa o suficiente em comparação aos outros”. “Além disso, ela concorria com as próprias colegas da série, que tinham naturalmente um texto que chamava um pouco mais de atenção, e as atrizes dos produtos da mesma época”, contextualiza.

 

Embora esta seja a primeira indicação ao Emmy, Courteney  foi lembrada pelo Globo de Ouro pela atuação em Cougar Town (2009 - 2005) e confessou que se sentiu ótima com a nomeação. "Aquela indicação significou tudo para mim. É um sentimento bom ser respeitada pelos seus colegas", disse também no The Howard Stern Show.

 A 73° edição da cerimônia vai ser realizada no dia 19 de setembro, em Los Angeles, com apresentação de Cedric the Entertainer e público ainda limitado por conta da pandemia da covid-19. O episódio de 'Friends: A Reunião' concorre com 8:46 - Dave Chappelle, A West Wing Special To Benefit When We All Vote, Bo Burnham: Inside, David Byrne’s American Utopia e Hamilton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.