João Cotta / Globo / Divulgação
João Cotta / Globo / Divulgação

Antonio Fagundes recusa proposta para filmar remake de Pantanal

A nova produção da Globo deve ser gravada ainda no primeiro semestre

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2021 | 11h14


Antônio Fagundes foi uma das estrelas da Globo a perder seu contrato de exclusividade em 2020, depois de 44 anos de casa. Ainda assim, a emissora contava com o seu retorno para a regravação da novela Pantanal, a grande promessa deste ano. Porém, segundo informação da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, após uma reunião nesta quinta-feira, o ator não chegou a um acordo e recusou o trabalho.  

Atualmente, Fagundes está trabalhando em uma série pela sua produtora, a Fa Filmes, onde será o protagonista do drama familiar contemporâneo ao lado da mulher, Alexandra Martins.  

Em outubro de 2020, o ator disse em entrevista ao Estado que estava feliz por não estar mais preso a um contrato com a Globo, e esperava voltar para fazer a novela. “Agora eu estou livre para fazer o que quiser, o que também não me impede de acertar contrato para fazer Pantanal. Posso voltar a trabalhar na TV Globo por obra, faria o Pantanal e depois…estaria livre de novo”.

Na ocasião, Fagundes falou sobre a importância de reviver a produção escrita por Benedito Ruy Barbosa e exibida originalmente na TV Manchete em 1990. “Temos que mostrar o Pantanal ao Brasil de novo. Fora isso, trata-se de uma grande novela, uma história com personagens muito fortes, bonitos, enraizados no nosso folclore, na nossa vida rural, de uma forma brilhante que o Benedito sempre consegue aprofundar. Então, tem tudo de bom”.

O ator iria interpretar José Leôncio, personagem vivido por Claudio Marzo na versão original.  A adaptação será roteirizada por Bruno Luperi, neto de Benedito, e dirigida por Rogério Gomes. A gravação está prevista para iniciar no primeiro semestre, ainda sem data definida devido à pandemia de covid-19. A Globo pretende colocar Pantanal no ar em outubro, para substituir Um Lugar ao Sol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.