Anjos de Wenders, nos céus de Berlim

Asas do Desejo. No Telecine Cult, às 22 horas. Inédito, colorido, 126 min

Luiz Carlos Merten, O Estado de S.Paulo

19 de novembro de 2007 | 11h45

Há exatamente 20 anos, após a Palma de Ouro que recebeu por Paris, Texas e seu tributo ao mestre japonês Yasujiro Ozu (Tokyo-Ga), o cineasta alemão Wim Wenders fez um dos filmes mais cultuados de sua carreira. Asas do Desejo passa hoje na TV paga, integrando o ciclo que o canal da rede Telecine dedica a Wenders neste mês de novembro.Mais até do que os críticos, o público de todo o mundo transformou num grande sucesso essa história sobre anjos nos céus de Berlim. Um deles se torna mortal por amor a uma bela mulher, uma trapezista de circo. Bruno Ganz e Peter Falk, o Columbo da TV, estão no elenco. Solveig Dommartin é a trapezista (e esta atriz e diretora talentosa morreu em janeiro, aos 48 anos).Em 1993, o próprio Wenders fez uma continuação para seu filme, mas Tão Longe, tão Perto não repetiu nem de longe o êxito do original. Hollywood também fez um remake em 1998 - Cidade dos Anjos, de Brad Silberling, com Meg Ryan e Nicolas Cage, não teve outro efeito senão banalizar a investigação sobre o tempo (e a morte) do cult que você poderá (re)ver hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.