CAROL GHERARDI/DIVUÇGAÇÃO
CAROL GHERARDI/DIVUÇGAÇÃO
Imagem Cristina Padiglione
Colunista
Cristina Padiglione
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Ancine libera R$ 7,3 milhões para 1º filme do Porta dos Fundos

A Ancine acaba de aprovar o valor de R$ 7,3 milhões para o filme Contrato Vitalício, primeiro longa-metragem do Porta dos Fundos, previsto para chegar aos cinemas em 2016. A bênção da Agência de Cinema dá à trupe o direito de captar recursos nessa soma, por meio dos artigos 1º e 3º. Com roteiro de Fábio Porchat e direção de Ian SBF, o filme tem prazo para captação de verba até dezembro de 2016. O orçamento atual, aliás, é uma correção reduzida da solicitação anterior do grupo, que havia projetado R$ 7,5 milhões de gastos. Enquanto o filme não começa a ser rodado, o time já tem sete episódios editados de O Grande González, primeira série feita para a TV, que estreia em novembro, na FOX, com boa expectativa. 

Cristina Padiglione, O Estado de S. Paulo

10 Setembro 2015 | 03h00

Com que roupa? Como a Band decidiu dividir em dois o último episódio do Masterchef Brasil, depois que o programa já estava gravado, Ana Paula Padrão e os finalistas Raul e Izabel aparecem com o mesmo figurino na grande final, terça, assistidos por familiares e ex-adversários.

Entrevistada por Bianca Ramoneda para o 2º episódio da série Ofício em Cena, da GloboNews, Lícia Manzo, autora das novelas Sete Vidas e A Vida da Gente, defende que o ator respeite fielmente o texto dos roteiristas da obra, assunto que volta e meia é debatido nos estúdios de TV.
“A palavra precisa é feito um peixe que prateia na água”, diz Lícia. “Ela aparece e desaparece para você. Aí você encontra ‘A’ palavra, coloca no texto, e o ator vai e muda. Trabalhei como atriz por 15 anos. Montei textos do Nelson (Rodrigues), do Shakespeare, Arthur Schnitzler. Nunca achei que tinha que mudar o texto do autor para fazer meu trabalho. Eu entendo que parte de criação do ator é trabalhar em cima de um texto, mas não entendo o ator como cocriador do texto”. O programa vai ao ar na terça, às 23h30.
Por falar em ‘Sete Vidas’, novela cujo texto, aliás, mereceu por aqui todos os elogios, a Globo levou a Lisboa os atores Jayme Matarazzo, Isabelle Drummond, Regina Duarte e Débora Bloch, a protagonista, para promover a estreia do folhetim por lá. Entra no ar dia 14, pela Globo básica, canal pago do grupo em Portugal.

Um enredo diferente pauta a websérie Le Tour Du Monde, que estreia dia 15, no YouTube: um casal apaixonado (Lucas Mayer e Iris Fuzaro) viaja por dez países compondo e produzindo músicas, munido de uma câmera, microfone USB, notebook e instrumentos encontrados pelo caminho.
Álvaro Pereira Jr. volta ao Uruguai, dois anos depois da regulamentação da produção e venda da maconha, para ver como o país está lidando com isso. O resultado está no Fantástico, domingo.
Fernando Navarro e Fabiana Mello estreiam neste sábado na RedeTV!, à frente do Super Extremo, programa de esportes radicais e ação, semanal. No ar, às 18h30.
750%
foi o crescimento do número de seguidores do canal Viva, de julho a agosto. O impulso veio da estreia da novela ‘Cambalacho’ e das gravações do ‘Globo de Ouro Palco Viva Axé’
“Único lugar que a cotação do Real dá de 4 por 1 no Dólar: no futebol #EUA1 x BRA4”
Marcelo Tas NO TWITTER, SOBRE O RESULTADO DO AMISTOSO DE TERÇA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.