'American Idol' quer Britney em próxima temporada

Popstar e Paul McCartney estão no topo da lista do jurado Simon Cowell; programa é o mais assistido nos EUA

Reuters,

18 de dezembro de 2008 | 08h52

O ex-Beatle Paul McCartney e a pop star Britney Spears estão no topo da lista de artistas que o jurado Simon Cowell gostaria que fossem mentores dos participantes na próxima temporada do programa "American Idol". Mas as chances de levar McCartney ao programa mais assistido da TV norte-americana são mínimas.   Veja também:Britney Spears volta ao topo das paradas com álbum 'Circus' Britney anuncia turnê para promover 'Circus' Britney e Obama são os mais buscados no Yahoo Britney recebe prêmio com look parecido com o de Madonna Novo disco de Britney Spears pode ser ouvido de graça na web  "Tentamos trazer Paul McCartney todos os anos, mas, por alguma razão, ele não vem", disse Cowell, um dos jurados do programa, a repórteres, em uma teleconferência na quarta-feira. Cowell disse que vê com bons olhos a possibilidade de Britney participar do programa, cuja oitava temporada estréia no dia 13 de janeiro.   A cantora deu a volta por cima, com um disco que chegou ao topo das paradas e uma turnê a ser feita em breve. Antes disso, ela passou por quase dois anos de problemas pessoais. "Ela seria a primeira da lista. Adoraria vê-la como mentora dos competidores. Mas, se ela não quiser fazer isso e só quiser vir ao programa para cantar, é bem-vinda da mesma maneira, a qualquer hora", disse Cowell.   O jurado afirmou ainda que também gostaria de ver uma participação da cantora Beyoncé e do cantor e compositor Lionel Ritchie, que acaba de voltar à ativa, além do diretor de cinema Quentin Tarantino, jurado convidado em 2004. Desde a sua estréia, em 2002, "American Idol" já levou vários aspirantes a cantor à fama, incluindo Kelly Clarkson e Carrie Underwood, ambas ganhadoras do prêmio Grammy.   Os ex-competidores Kate Hudson e Jordin Sparks foram indicados ao Grammy deste ano. "Eu simplesmente adoro quando isso acontece", disse Cowell. "Há tanto esnobismo na indústria musical, em relação ao que fazemos neste programa. Então eu acho isso fantástico."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.