CNN Brasil
CNN Brasil

Alexandre Garcia é demitido da CNN após defender tratamento precoce

Fala do comentarista em defesa de remédios ineficazes foi desmentida pela emissora

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2021 | 20h24

O comentarista Alexandre Garcia foi demitido da CNN Brasil nesta sexta-feira, 24, após defender, no quadro Liberdade de Opinião, medicamentos ineficazes contra a covid-19.

Garcia afirmou que esses medicamentos "salvaram milhares de vidas", ao passo que a emissora desmentiu sua fala logo em seguida, informando que não existe nenhum tipo de tratamento precoce cientificamente comprovado contra a covid-19 e que a opinião do comentarista não necessariamente reflete a da CNN.

O comentarista também havia defendido, durante sua exposição, a Prevent Senior, empresa investigada pela CPI da covid-19, acusada de adulterar registros de prontuários de pacientes, e de realizar testes com medicamentos ineficazes sem comunicar os participantes dos estudos.

Poucas horas após o ocorrido, a emissora divulgou um comunicado informando a demissão do comentarista. O quadro Liberdade de Opinião será mantido no jornal Novo Dia.

Confira abaixo a fala de Alexandre Garcia que culminou em sua demissão:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.