Alejandro Iñarritu dirige anúncios contra uso de metanfetaminas

O cineasta mexicano AlejandroGonzález Iñarritu, cujas obras incluem "Babel" e "21 Gramas",criou uma série de anúncios de televisão para desencorajar oconsumo de metanfetaminas por adolescentes norte-americanos. A informação foi divulgada na terça-feira pelosorganizadores da campanha. Três spots de serviço público dirigidos por Iñarritu paraum programa antidrogas sem fins lucrativos chamado Meth Projectcomeçaram a ir ao ar na noite de segunda-feira em Montana,Estado rural do oeste americano onde o abuso do estimulantesintético vem atingindo proporções alarmantes. De acordo com o Escritório da Casa Branca de PolíticaNacional de Controle de Drogas, na época em que o Meth Projectfoi lançado, em 2005, Montana figurava em quinto lugar entre osEstados americanos em matéria de abuso de metanfetamina. Metade de todas as prisões e os envios de jovens a laresadotivos naquele ano em Montana estiveram relacionados ao usoda metanfetamina. Mas os organizadores do Meth Project dizem que a campanhaestá tendo resultado. Eles citam um relatório recente daProcuradoria Geral do Estado, mostrando que o uso da drogaentre adolescentes caiu quase 45 por cento desde 2005, enquantoa criminalidade relacionada a ela teve redução de 62 por cento. Os spots de 30 segundos -- baseados no tema "isto não énormal -- mas quando se usa metanfetamina, é" -- mostram cenasexplícitas de comportamentos ligados à dependência dametanfetamina. Um dos spots mostra duas garotas se prostituindo paracomprar a droga. Outras mostram viciados assaltando uma casa esofrendo uma overdose diante de amigos indiferentes que estãofumando metanfetamina. Os spots serão exibidos em vários outros Estados em que oabuso da droga é grande, incluindo Arizona, Idaho, Illinois eWyoming. Uma porta-voz da campanha disse que seus organizadoresprocuraram a ajuda de Iñarritu devido ao estilo intransigentede seus filmes, como "Amores Brutos", "21 Gramas" e "Babel",pelo qual ganhou uma indicação ao Oscar. Iñarritu recebeu cópias de spots anteriores criados pelacampanha, aos quais assistiu com seus filhos. Dias depois, eleligou para o projeto disposto a dirigir uma nova série deanúncios. A série anterior tinha sido dirigida por Darren Aronofsky,responsável por "Pi" e "Réquiem por um Sonho".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.