Reprodução
Reprodução

Aguinaldo Silva critica Fábio Assunção após afastamento de novela

Autor de novelas diz que não tem 'paciência com drogados'

Estadão.com.br

01 de dezembro de 2010 | 18h45

O autor de novelas Aguinaldo Silva criticou abertamente o ator Fábio Assunção, que deixou o elenco do próximo folhetim das 21h, Insensato Coração, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. Fábio foi afastado da produção após faltar às gravações. O ator, que luta contra a dependência de drogas, se preparava para voltar à TV depois de abandonar Negócio da China, em 2008, para se tratar.

Em seu perfil no Twitter, Aguinaldo Silva alfineta: "Fábio Assunção diz que ainda não está preparado para um trabalho longo na tevê. Mas podia ter descoberto isso antes de começar a gravar". O ator havia divulgado um comunicado na terça-feira, 30, no qual explicava que precisa priorizar sua saúde, e que não poderia acompanhar o ritmo das gravações.

Em uma série de textos, Aguinaldo Silva continua a criticar. "Num caso como este, a gente é solidário, mas também não pode passar a mão na cabeça: o errado é ele, e não nós".

"E depois, droga é droga, cara. Tem o drama pessoal de cada um, mas tem o drama maior, que resulta em traumas como este recente do Rio", comentou.

"Eu, por exemplo, não gasto um milímetro da minha paciência com drogados", finalizou.

Ele não é o único a abandonar as gravações de Insensato Coração, dirigida por Dennis Carvalho. No início de setembro, Ana Paula Arósio também faltou às gravações e foi afastada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.