Ansa
Ansa

Adaptação de Elena Ferrante para TV deve estrear em 2019

Série sobre tetralogia da escritora italiana é produzida por HBO e Rai

Ansa

05 Maio 2018 | 12h57

A aguardada série sobre a tetralogia napolitana da escritora italiana Elena Ferrante deve estrear nos Estados Unidos e na Itália no fim do próximo inverno no hemisfério norte, entre dezembro de 2018 e março de 2019.

A previsão foi dada pelo produtor Lorenzo Mieli, que disse também que a série está sendo filmada em dialeto napolitano. "É algo complexo até para o público italiano, um grande desafio. Se tiver sucesso, toda a indústria mudará", afirmou.

A série está sendo produzida pela emissora pública Rai e pela rede norte-americana HBO e deve ter quatro temporadas - uma para cada livro - de oito episódios. A própria Ferrante está contribuindo para o roteiro.

** 'Me reconheço na melhor e na pior mulher', diz Elena Ferrante

A chamada tetralogia napolitana é formada pelos volumes A amiga genial, História do novo sobrenome, História de quem foge e de quem fica e História da menina perdida, todos já lançados no Brasil.

A série conta a história de duas amigas da periferia de Nápoles, Lenù (apelido de Elena) e Lila, escrita pela primeira após o súbito desaparecimento da segunda. A narrativa começa com Lenù recebendo a notícia de que Lila, já idosa, havia sumido sem deixar rastros, cumprindo um antigo desejo. Irritada, ela decide relatar toda a trajetória de sua amizade, desde a primeira infância até a velhice.

Como pano de fundo, Ferrante descreve as tensões enfrentadas pela Itália e por Nápoles no pós-Guerra, como os anos de chumbo, o fascismo, o comunismo e o crescimento da Camorra, e a tentativa das duas amigas, cada uma a seu modo, de se libertarem da vida de miséria, exploração e violência à qual nasceram condenadas. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.