Richard Shotwell/Invision/AP
Richard Shotwell/Invision/AP

Acusado de 'conduta inapropriada', Fred Savage é demitido de 'Anos Incríveis'

Protagonista da versão original trabalhava como diretor e produtor-executivo do remake

Eduardo Medina, The New York Times

08 de maio de 2022 | 14h16

Fred Savage, a ex-estrela mirim da comédia televisiva Anos Incríveis, foi demitido de seu papel como produtor-executivo e diretor de um remake do programa após acusações de "conduta inapropriada", informou o estúdio por trás da série em um comunicado no sábado, 7. 

"Recentemente, tomamos conhecimento de acusações de conduta inapropriada por Fred Savage, e conforme é a política, uma investigação foi lançada", diz a nota da 20th Television. "Até que ela esteja completa, a decisão tomada foi a de encerrar seu contrato como um produtor-executivo e diretor de Anos Incríveis". O estúdio não deu maiores detalhes ou respondeu imediatamente a mais questões. 

Representantes de Savage não responderam imediatamente a e-mails solicitando por um comentário. O site Deadline reportou sua demissão na sexta-feira, 6. 

Fred Savage, 45, era uma criança quando a versão original de Anos Incríveis estreou na ABC, em 1988, dando o pontapé inicial de sua carreira no retrato de Kevin Arnold, um alegre e suburbano estudante. O programa - uma visão nostálgica de 1968 do ponto de vista de 1988 - foi aclamada à época e trouxe a Savage duas indicações ao Emmy. 

A atração foi ao ar até 1993. A nova versão estreou em 2021, na ABC, desta vez com foco em uma família negra em Montgomery, no Alabama, nos anos 1960, com Don Cheadle atuando como narrador.

Em janeiro, Savage contou ao The Hollywood Reporter que tinha suas reservas sobre fazer um remake do programa. Mas quando a ideia de focar em uma família negra foi apresentada a ele, decidiu embarcar. "Eu meio que tive que me superar um pouco e perceber que estávamos contando uma nova história", disse. 

Fred Savage enfrentou outras acusações de mau comportamento no passado. Em 2018, Alley Mills, que interpretou Norma, a mãe televisiva de Savage em Anos Incríveis, disse em uma entrevista ao Yahoo que uma figurinista do programa prestou uma queixa sobre assédio sexual contra Savage, então com 16 anos, e Jason Hervey, ator que interpretou seu irmão mais velho, Wayne, então com 20, em 1993, alegando que os atores teriam lhe assediado verbal e fisicamente. 

"Não era verdade", disse Mills na ocasião, acrescentando que o processo foi um fator primordial no cancelamento do programa àquele ano. "Ela era minha figurinista, e eu não me importo se ela está ouvindo - eu provavelmente não deveria estar contando isso, mas não ligo". 

Representantes de Savage e Hervey negaram aquelas acusações, reportou o Los Angeles Times. Naquele mesmo ano, Savage também foi acusado de criar um ambiente de trabalho hostil e ser verbalmente abusivo em um processo feito por um figurinista em sua série da Fox, The Grinder

Fred Savage negou as acusações, e o processo foi dispensado posteriormente, de acordo com o The Hollywood Reporter. 

Tudo o que sabemos sobre:
série e seriado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.