Divulgação
Divulgação

A volta dos 'inhos' ao ar

SBT aposta no popular para resgatar audiência, com novos programas de Ratinho e Netinho

Alline Dauroiz, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2009 | 22h49

Advogado do povo extrovertido? Notícias a bordo do helicóptero com banda no estúdio? Jornalismo ou entretenimento? Com estreia marcada para amanhã, às 17h30, o novo Programa do Ratinho, no SBT, por incrível que pareça, ainda é uma incógnita com relação ao formato.

Após um ano e meio na geladeira da emissora, Carlos Massa se associou a Silvio Santos na produção de seu programa, com a promessa de "esquentar" as tardes do canal. "Em pesquisa, o público disse querer um Ratinho alegre, dando notícia, com menos palavrão", afirma Massa. "Mas não sou sério, eu quero é circo."

Para trazer credibilidade às notícias - e como vai concorrer com o Brasil Urgente de Datena, na Band - Ratinho conta com direção de Carlos Amorim. "Ele sim é sério. Vai envolver todas as praças de jornalismo do SBT, fazer link de helicóptero e quer que eu explique, de forma fácil, as notícias para o povo."

A farra ficará por conta dos bonecos Xaropinho e Tunico, de uma assistente de palco "italiana" que não consegue se comunicar em português e de um imitador de cantores.

Apesar da mistura exótica, essa "zorra total", garante Ratinho, passará longe da baixaria. "Não vamos ficar 15 minutos em um acidente nem torcer por enchente na cidade."

 

COHAB CITY TEM VEZ NA TV

 

 

Bastou Netinho de Paula anunciar sua volta à TV para que a caixa postal do SBT ficasse lotada de cartas e e-mails de candidatas a "princesa". Quadro popularizado pelo cantor no Domingo Legal e depois em seu programa na Record, o Dia de Princesa será o carro-chefe do Show da Gente, no ar a partir de sábado, às 14h15. Além de banho de loja, Netinho promete realizar o sonho das moças, de dentição a casa própria e bolsas de estudo. Para concorrer no horário com Angélica, Luciano Huck, Rodrigo Faro e Raul Gil, Netinho aposta na experiência de Marlene Mattos na direção. "Entre tantos pagodeiros, ela me deu oportunidade na TV, quando me convidou para substituir a Xuxa na Globo", conta ele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.