A extravagância de Elton em Las Vegas

Com muitas canções de amor,The Red Piano tem cenografia e filmes de David LaChapelle

Lauro Lisboa Garcia, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2009 | 20h58

. Elton John, David LaChapelle e Las Vegas são, isoladamente, sinônimos de extravagância. Quando os três elementos se encontram, resulta no visual megaimpactante de The Red Piano, o show que a Universal lança em DVD duplo, aproveitando a volta do cantor ao Brasil. "Vermelho é a cor do amor", diz Elton, e o roteiro celebra esse amor em um punhado de canções contra "a negatividade" reinante no mundo de hoje.   Muito bem-humorado, o cantor desfila hits como Bennie & the Jets, Daniel, Rocket Man, Philadelphia Freedom, Your Song, todas compostas por ele em parceria com Bernie Taupin. A exceção no repertório é Pinball Wizard (Pete Townsend) que, carregada de impressionantes e coloridos efeitos visuais, abre o animadíssimo bloco final.   Amigos, Elton e LaChapelle, que assina a concepção cênica e a direção do concerto, foram feitos um para o outro. Las Vegas, a cidade que de tão reluzente pode ser vista do espaço, é o lugar ideal para os devaneios do fotógrafo e videomaker surrealista, com muita luz neon e bonecos infláveis. O show em questão foi realizado no Colosseum, no Caesars Palace, um amplo espaço com capacidade para 4.100 pessoas e fama de boa acústica, criado especialmente para Céline Dion.   Bem-humorado, Elton faz piadas com a magreza da cantora, em trechos do show que aparecem no DVD extra. Além de outras cenas de bastidores, incluindo entrevista como cantor e os integrantes da banda, há também, na íntegra, todos os filmes de LaChapelle, que são projetados numa tela gigantesca durante o concerto. Em Candle in the Wind, vê-se uma sósia de Marilyn Monroe, fazendo poses idênticas à dos filmes e fotos da original, para quem a música foi feita. A semelhança é incrível.   The Red Piano Direção: David LaChapelle Distribuição: Universal Duração: 98 anosAno: 2008 Preço: R$ 56,90

Tudo o que sabemos sobre:
Música

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.