James White/ABC
James White/ABC

40 é fácil. Difícil é fazer 45 anos

Para Courteney Cox , admitir a idade permite que ela se jogue mais nas cenas cômicas

Etienne Jacintho,

06 Fevereiro 2010 | 16h00

Seis anos após o término de Friends, Courteney Cox retorna à comédia, gênero que a deixa mais confortável, com Cougar Town, no ar às quintas-feiras, às 21h30, na Sony. "Precisava voltar à comédia e me divertir", disse Courteney em entrevista em Los Angeles.

 

"Quando a série estreou (nos EUA), estava bastante assustada." A atriz temia a receptividade do público por causa do título da série. "Achei o nome ridículo!" Cougar é uma expressão usada para descrever mulheres mais velhas que gostam de garotos. "Disse a Bill (Lawrence, criador da série) que ele teria de mudar o nome, mas Cougar Town é chamativo, então, acho é um bom título."

 

Courteney defende que Cougar Town não é uma série sobre uma quarentona que namora homens mais novos. "Algumas vezes, Jules vai namorar garotos; outras vezes, não." Para a atriz, essa é a história de uma mulher que está recomeçando a vida, sendo recém-divorciada e mãe de um adolescente de 17 anos. "Ela não sabe como voltar ao mundo e conta com a ajuda de amigos", explica. "É uma série que satisfaz mulheres de 40 anos."

 

ESPELHO, ESPELHO MEU...

 

A atriz diz que aceitou o convite de Bill Lawrence porque gostou da ideia de ter um filho adolescente. Fora isso, ela também busca papéis que tenham a ver com ela. "Prefiro admitir minha idade, embora não esteja admitindo de verdade, uma vez que sou mais velha do que digo que sou na série", brinca. Para ela, admitir a idade permite que ela se jogue mais nas cenas cômicas. "Sou uma atriz sem medo. Faço qualquer coisa."

 

O "fazer qualquer coisa" inclui a cena que abre a série, na qual Jules olha seu corpo nu no espelho. A pele do cotovelo está flácida, as costas mostram pneuzinhos, a barriga já não é tanquinho... "Sou eu, no quarto, com uma câmera e uma má iluminação. E, sim, está nojento! Mas é uma nova parte de mim", brinca a atriz, que aparecerá bastante de roupa íntima. "Para fazer as cenas, vejo a luz, falo com os técnicos, porque ninguém - especialmente eu - fica bem com uma iluminação do meio do dia", comenta.

 

O fato de Jules ser uma pessoa muito real deixa Courteney feliz. Quem assistiu ao primeiro episódio sabe que os temas da série são menos caretas que os que costumam permear as comédias familiares. "Adoro a cena em que estou comendo uma banana e meu filho diz que não posso mais comer esse tipo de alimento", fala a atriz. No capítulo, o filho de Jules pega a mãe no flagra quando ela vai fazer sexo oral em um mocinho que conquista na balada. "Adorei o fato de ser pega fazendo algo inapropriado!"

 

Não é só o fato de fazer uma comédia que deixa Courteney à vontade no set de Cougar Town. "Há tanto de Jules em mim que até dói!", desabafa a atriz. "Sou muito parecida com a personagem, pois falo o que vem à cabeça. Algumas vezes até me arrependo..." A atriz diz que Bill Lawrence até ampliou essa característica em Jules porque sabe que ela, Courteney, é assim.

 

DIFÍCIL É FAZER 45 ANOS

 

Courteney acredita que o conceito de "cougar" já não tem uma conotação tão negativa. "As mulheres, atualmente, estão se sentindo mais confiantes e se sentem bem ao sair com um homem mais novo", fala. "A única coisa que não gosto em relação ao termo é que ele foi muito usado para definir mulheres que abusaram da cirurgia plástica."

 

Courteney, aliás, admite que o termo cougar se aplica à ela, afinal, é casada com um homem mais novo, David Arquette. "Gosto de homens jovens", confessa. "Costumava me sentir atraída por homens mais velhos, porque queria aprender algo deles. Tive um namorado 16 anos mais velho do que eu, quando eu tinha 17. Gostava do fato de ele me ensinar as coisas já que não prestava atenção na escola. Mas hoje me sinto mais atraída por gente mais jovem."

 

Com esse discurso, Courteney não tem frescuras para revelar a idade e ainda faz piada. Para ela, difícil não foi fazer 40 e, sim, 45 anos. "Dei à luz Coco dois dias antes de fazer 40, então, não me lembro dos meus 40 anos, pois mal podia acreditar que eu tinha uma filha e eu nem sabia o que fazer com ela (risos)!" Já os 45... "Fiz 45 anos há pouco tempo e acho que vou parar de falar sobre isso e também vou parar de falar isso para as pessoas."

 

Viagem feita a convite da Sony e da Disney

Mais conteúdo sobre:
TV&Lazer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.