Yves Herman/Reuters
Yves Herman/Reuters

Teatro nos EUA cancela musical de Woody Allen por escândalo sexual

Diretor do espaço vai substituir o espetáculo após a filha adotiva do cineasta reafirmar que foi abusada pelo pai

AFP

26 Janeiro 2018 | 01h59

NOVA YORK - Um influente teatro dos Estados Unidos cancelou um musical de Woody Allen logo depois que a filha adotiva do cineasta reafirmou que foi abusada sexualmente por ele

O Goodspeed Opera House, de Connecticut, informou nesta quinta-feira, 25, que irá substituir Bullets Over Broadway, um adaptação do filme homônimo de 1994, pela paródia musical The Drowsy Chaperone.

+ Colin Firth anuncia que não vai mais trabalhar com Woody Allen

"Em vista da conversa sobre assédio sexual e má conduta, o autor de Bullets Over Broadway, Woody Allen, passou por um crescente escrutínio", disse em um comunicado Michael Gennaro, diretor executivo do teatro.

+ Rebecca Hall diz que se arrepende de trabalhar com Woody Allen

"As notícias na imprensa tornaram a situação ainda mais difícil e complicada, e isso nos levou a reconsiderar o adequado para produzir o espetáculo", acrescentou.

Dylan Farrow, filha que Allen adotou com a ex-companheira Mia Farrow, reafirmou em sua primeira entrevista televisiva, na semana passada, que foi abusada sexualmente pelo pai adotivo em 1992 quando ela tinha 7 anos de idade.

Allen, de 82 anos, negou enfaticamente a denúncia, garantindo que uma investigação já tinha o absolvido neste assunto. Ele acusou a família de Mia de fazer uma lavagem cerebral em Dylan logo depois que ele se separou da atriz para se casar com Soon-Yi Previn, filha adotiva apenas de Mia com seu ex-marido.

Mas a entrevista de Dylan, junto com o crescente movimento #MeToo contra o abuso sexual na indústria do cinema, em geral cometido por homens poderosos, tem pressionado Allen, que até então era um dos cineastas mais aclamados do mundo, principalmente na Europa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.