REUTERS/Flavio Lo Scalzo
REUTERS/Flavio Lo Scalzo

Teatro alla Scala de Milão opta por transmissão após cancelamento de abertura da temporada

A habitual abertura, destaque do calendário cultural italiano, será substituída no dia 7 de dezembro por uma apresentação de árias e duetos, com estrelas da ópera e do balé de todo o mundo, incluindo o tenor Plácido Domingo

Sara Rossi, Reuters

25 de novembro de 2020 | 13h07

MILÃO - O Teatro alla Scala, principal casa de ópera de Milão e da Itália, vai transmitir um evento de música e dança de seu auditório vazio no mês que vem, depois de ter sido forçado a abandonar, pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, sua tradicional abertura de dezembro com uma ópera devido à pandemia.



A habitual abertura da nova temporada, um destaque do calendário cultural italiano, será substituída no dia 7 de dezembro por uma apresentação de árias e duetos, com estrelas da ópera e do balé de todo o mundo, incluindo o tenor Plácido Domingo.

Algumas peças serão ao vivo, enquanto outras serão pré-gravadas devido à dificuldade de algumas viagens.

"Espero... dizer ao mundo que estamos em um momento difícil, mas ainda somos capazes de criar a emoção da ópera", disse o diretor artístico Dominique Meyer durante uma entrevista coletiva via webcast.

A Itália fechou teatros e salas de show em outubro para conter a segunda onda de infecções. O alla Scala foi reaberto em julho, após ficar fechado por quatro meses durante a primeira onda de covid-19 na Itália.

As restrições mais recentes devem permanecer em vigor até pelo menos 3 de dezembro e, embora algumas possam ser flexibilizadas antes da temporada de férias, as atividades culturais provavelmente permanecerão limitadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.