Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Renato Rosati
Renato Rosati

Renato Borghi encena monólogo ‘Três Cigarros e a Última Lasanha’

A peça trata da incomunicabilidade e foi baseada em um evento real que marcou a história da medicina: o primeiro implante de mão, cujo receptor, um operário inglês, teve problemas de adaptação

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2020 | 05h00

Aos 83 anos, o ator Renato Borghi prepara-se para enfrentar mais um desafio em sua prestigiosa carreira. Na noite desta sexta, 28, e até o domingo, ele subirá ao palco do Teatro Morumbi Shopping para apresentar o monólogo Três Cigarros e a Última Lasanha, de Fernando Bonassi e Victor Navas. “Será um teatro vazio, sozinho no palco, apenas com uma câmera”, conta ele, cuja encenação online será tanto pela ferramenta Sympla (sexta e sábado, às 21h) como na programação do Festival Palco Presente (domingo, às 20h).

Borghi não esconde seu desconforto. “Tenho receio dessa aventura de ir até o palco”, comenta ele que, por conta da idade, figura no grupo de risco em relação ao novo coronavírus. Mas a arte o impulsiona e o ator vai retomar um texto estreado por ele mesmo, em 2002 – o monólogo narra as agruras de um sujeito metódico que, freguês habitual de um restaurante, percebe que, depois de almoçar uma lasanha e sem saber o motivo, teve a mão direita decepada – sua última lembrança é que fumava o terceiro cigarro durante o café. Submetido a um transplante, ele não se adapta ao novo membro, uma extensão do outro, no caso, o “doador” morto.

A peça trata da incomunicabilidade e foi baseada em um evento real que marcou a história da medicina: o primeiro implante de mão, cujo receptor, um operário inglês, teve problemas de adaptação. A partir daí, a peça trata da inadequação do ser humano diante de uma nova realidade científica. Na época da estreia, Borghi via com curiosidade o fato de as pessoas não se preocuparem em descobrir como e por que a mão foi decepada, mas se sentiam seduzidas pela explicação dele sobre a rejeição.

Após cada apresentação online, haverá um debate com um convidado que, na estreia desta sexta, será o autor Fernando Bonassi. Terminado esse período no palco, Borghi pretende continuar a temporada online direto de seu apartamento. E o monólogo será gravado e receberá legendas em inglês e espanhol para atrair público da América Latina e dos Estados Unidos.

Tudo o que sabemos sobre:
teatroRenato Borghi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.