Reuters/Brescia e Amisano/Teatro alla Scala
Reuters/Brescia e Amisano/Teatro alla Scala

Público volta ao teatro alla Scala de Milão em maio

Os cinemas e salas de espetáculo reabriram parcialmente na segunda-feira na Itália, após uma longa paralisação relacionada com a pandemia de covid-19

Agências, AFP

28 de abril de 2021 | 16h54

MILÃO, ITÁLIA - O renomado Teatro alla Scala de Milão anunciou nesta quarta-feira, 28, sua reabertura ao público, limitada a 500 espectadores que poderão assistir a três concertos em maio.



O Coro e a Orquesta do Teatro alla Scala, dirigido por Riccardo Chailly, vão inaugurar esta reabertura em 10 de maio. No dia seguinte, a Orquesta Filarmônica de Viena, dirigida pelo italiano Riccardo Mutti, subirá no palco emblemático. Por último, a sala receberá um concerto da Filarmônica de alla Scala, sob direção do maestro britânico Daniel Harding, em 17 de maio.

La italiana en Argel, ópera cômica de Rossini, poderá ser vista apenas à distância, e será transmitida em streaming em 25 de maio, afirmou o alla Scala.

Enquanto espera de se reencontrar com o público, o maestro italiano Riccardo Chailly, diretor musical de alla Scala desde janeiro de 2015, e que foi renovado no cargo até 2025, está gravando um disco para a gravadora Deutsche Grammophon, dedicado às composições de Wagner e de Strauss, interpretadas pela soprano russa Anna Netrebko.

Os cinemas e salas de espetáculo reabriram parcialmente na segunda-feira na Itália, após uma longa paralisação relacionada com a pandemia de covid-19, que deixa mais de 120.000 mortos no país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.