Divulgação
Divulgação

Peça 'Caranguejo Overdrive' recebe três prêmios no Rio

Homenageada, Fernanda Montenegro agradeceu a existência de papéis para atores idosos

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

16 de março de 2016 | 17h46

RIO - A peça Caranguejo Overdrive, da Aquela Cia. de Teatro, ganhou três prêmios Shell na cerimônia realizada na terça-feira, 15, no Rio. Pedro Kosovski recebeu o de melhor autor, Marco André Nunes, o de diretor, e Carolina Virguez foi escolhida a melhor atriz. Os espetáculos Krum, da Companhia Brasileira de Teatro, e Salina (a última vértebra), da Amok Teatro, ficaram com dois prêmios cada. Krum,  os de melhor ator, para Danilo Grangheia,  e cenário, para Fernando Marés. O troféu de melhor figurino foi para a dupla Ana Teixeira e Stephane Brodt por Salina (a última vértebra), que foi laureada também na categoria inovação, pelo processo de seleção e treinamento do elenco para o espetáculo. 

Paulo Cesar Medeiros venceu pela luz de A Santa Joana dos Matadouros e Nei Lopes, pela música de Bilac Vê Estrelas. O prêmio é de R$ 8 mil para cada um. As escolhas foram feitas por um júri de especialistas: a professora Ana Achcar, a cenógrafa Bia Junqueira, o criador do Prêmio Shell, João Madeira, o crítico Macksen Luiz e o diretor Moacir Chaves.

A cerimônia foi no teatro Tom Jobim e teve apresentação da atriz Laila Garin. Aos 86 anos, a atriz Fernanda Montenegro foi homenageada pelos 70 de carreira. Ao receber o Shell especial, ela lembrou o falecido marido, Fernando Torres (1927-2008), e a parceria dos dois nos palcos e na vida. "A maioria dos premiados aqui é jovem, mas gostaria de homenagear a geração de 80 a 100 anos. Por incrível que pareça, ainda existimos e o teatro nos dá essa oportunidade. Sempre há um grande papel para uma velhinha ou para um velhinho", disse. 

Confira a lista completa dos vencedores:

Autor:

Pedro Kosovski por Caranguejo Overdrive

Direção:

Marco André Nunes por Caranguejo Overdrive

Ator:

Danilo Grangheia por Krum

Atriz:

Carolina Virguez por Caranguejo Overdrive

Cenário:

Fernando Marés por Krum

Figurino:

Ana Teixeira e Stephane Brodt por Salina (a última vértebra)

 

Iluminação:

Paulo Cesar Medeiros por A Santa Joana dos Matadouros

Música:

Nei Lopes por Bilac Vê Estrelas

Inovação:

Companhia Amok Teatro pelo processo de seleção e treinamento do elenco para o espetáculo Salina (a última vértebra)

Homenagem:

Fernanda Montenegro por uma vida inteira dedicada ao teatro

 

Tudo o que sabemos sobre:
Teatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.