Daniel Chiacos
Daniel Chiacos

O hiperativo Paulo Gustavo estreia a peça ‘Online’

Espetáculo mostra como lidar com as redes sociais; ator promete voltar com ‘Minha Mãe É Uma Peça’

Eliana Silva de Souza, O Estado de S. Paulo

05 Maio 2017 | 03h00

Paulo Gustavo, o incansável, está de volta a São Paulo para apresentar seu mais novo trabalho, a peça Online, que estreia nesta sexta-feira, 5, no Teatro Procópio Ferreira. E, como sempre, é mais um projeto que tem sua marca. Ele assina o texto junto com Fil Braz e colaboração de Leandro Soares. Mas não é só. Também assina a direção, que tem supervisão de João Fonseca. Com ele no palco estão Aldo Perrotta, Ana Terra Blanco, Danilo Sacramento, Izabella Bicalho, Lucas Drummond, Rita Fischer e Pia Manfroni.

Online mostra como estamos cada vez mais conectados com os diversos recursos cibernéticos. E como é lidar, em nosso dia a dia, com essa interatividade cada vez maior. Para isso, Paulo preparou uma mistura de dramaturgia, stand-up e musical com efeitos visuais. “Essa coisa de celular entrou em nossas vidas para ficar, é para sempre. E, ao mesmo tempo em que a gente fica distraída, distante das pessoas, também tem o lado positivo, fazemos tudo pela internet, compra, paga contas. Só precisamos colocar isso em nossas vidas de forma equilibrada”, afirma Paulo.

E é esse universo que é retratado em Online, que coloca no palco Paulo Gustavo como ele mesmo, às voltas com a loucura de se desdobrar com a diversidade das redes sociais. E o que esse universo pode trazer para nossas vidas, para o bem e para o mal. Na história, o ator, Paulo Gustavo, tem de encarar esse novo modo de vida, algo que é inerente a ele, estar nas redes, lidando com fãs, com a família, amigos, planejando a rotina profissional e ainda conhecendo pessoas que querem atenção. Tudo ao mesmo tempo, tudo exigindo rapidez.

Mas tudo isso faz parte do dia a dia de Paulo e ele mostra que sabe administrar muito bem o seu tempo, mas sem se distanciar das pessoas. “Conciliar a vida pessoal com a profissional é sempre um aprendizado, estou sempre descobrindo uma nova fórmula”, conta. “O que procuro fazer é incluir na minha vida profissional o que não atrapalhe a pessoal, a palavra para isso é equilíbrio. Em meus 13 anos de carreira, acho que estou conseguindo equilibrar tudo, incluindo o lazer na minha vida.”

Com toda essa exposição nas redes e na mídia, muitos astros e estrelas têm dificuldade em lidar com tanta exigência. “Eu não fico fazendo tipo, atendo os pedidos de fotos dos fãs, mas se acho que alguém está passando dos limites eu falo mesmo, sou direto, mas tudo acaba em muita risada, o público entende, não dá para ficar o dia inteiro fazendo selfie, é cansativo”, explica Paulo.

Mas para alguém tão ‘hiperativo’ quanto Paulo, nada é o bastante. E ele avisa que tem muita novidade vindo por aí. “Na TV, vou estrear o programa de humor A Vila, no Multishow, além de continuar com o Vai Que Cola”, conta. Mas ele tem mais produções engatilhadas. “Vou voltar com Minha Mãe É Uma Peça, agora em junho, no mesmo teatro Procópio Ferreira. Será uma turnê por 28 cidades”, esclarece ainda Paulo.

“O espetáculo com que comecei minha carreira e que mudou a minha vida para sempre”, sentencia. “O público me pede muito para retornar com a peça, tem muita gente que ainda não viu. A volta será com cenário novo e algumas modificações no texto.” Mas em janeiro do ano que vem, o ator retorna ao circuito com Online. Aguardem.

ONLINE

Teatro Procópio Ferreira. Rua Augusta, 2.823, tel. 3083-4475. 6ª, 21h30; sáb., 19h e 21h30; dom., 18h. R$ 90/ R$ 140. Até 28/5

Mais conteúdo sobre:
Paulo Gustavo São Paulo Teatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.