Sara Krulwich/The New York Times
Sara Krulwich/The New York Times

Musical sobre a princesa Diana vai chegar à Netflix antes de estrear na Broadway

'Diana: The Musical' terá sua noite de estreia nos palcos no dia 16 de dezembro, mas será exibida antecipadamente no serviço de streaming

Jill Serjeant, Reuters

31 de março de 2021 | 09h00

Um novo musical sobre a princesa Diana irá estrear na Netflix antes da abertura planejada para a Broadway em dezembro, anunciaram os produtores nesta terça-feira, 30, em uma medida inovadora para promover o projeto. 

Em um dos primeiros espetáculos da Broadway a anunciar uma data firme após o fechamento por mais de um ano devido à pandemia, Diana: The Musical terá sua noite de estreia nos palcos no dia 16 de dezembro.

Mas a peça será exibida antecipadamente no serviço de streaming Netflix no dia 1º de outubro, disseram os produtores, no primeiro acordo do tipo para um espetáculo de palco. 

"A chance de compartilhar nosso espetáculo, primeiro com o público global da Netflix, e depois recebendo o público ao vivo de volta na Broadway, é algo que estamos todos sonhando há mais de um ano", informou a nota dos produtores.

Teatro fechados

Os teatros da Broadway fecharam em meados de março de 2020 com a pandemia de coronavírus. No momento, o fechamento está oficialmente estendido até junho de 2021, mas a comunidade teatral de Nova York acredita que setembro seja o prazo mais realista para que musicais e peças voltem aos palcos.

O teatro ao vivo, que vive do contato próximo entre atores e requer equipes de bastidores trabalhando em condições aglomeradas, além de necessitar do público para sobreviver financeiramente, deve ser a última categoria de evento cultural a retornar. 

Diana: The Musical estava em fase de pré-estreia antes do fechamento da Broadway, mas ainda não havia estreado oficialmente. A apresentação da Netflix foi filmada em 2020 com o elenco. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.