Reprodução Facebook pessoal
Reprodução Facebook pessoal

Morre o diretor de teatro Vladimir Capella

Com 63 anos, dramaturgo estava internado em São Caetano do Sul

O Estado de S. Paulo

21 de abril de 2015 | 12h35

O diretor, dramaturgo e músico Vladimir Capella morreu às 9h20 desta terça-feira, 21, aos 63 anos, por conta de complicações cardiorrespiratórias. Ele estava internado há alguns dias no Complexo Hospitalar Maria Braido, em São Caetano do Sul. Ainda não há informações sobre velório e enterro.

Carreira. Natural de São Caetano do Sul, no ABC paulista, Vladimir Capella nasceu em 31 de julho de 1951 e estudou na Fundação das Artes, em sua cidade. Dramaturgo, diretor e músico, Capella especializou-se em textos para o público infanto-juvenil. Sua estreia na direção foi em 1978 com o espetáculo Panos e Lendas, que lhe rendeu os prêmios Mambembe, Governador do Estado de São Paulo e Molière. Em 1985, teve outro espetáculo reconhecido, o Avoar, que recebeu o Prêmio Apetesp. Com a peça Antes de Ir ao Baile, de 1986, também foi premiado pela Apetesp.




Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.