Donna Summer
Donna Summer

Fim de semana: musicais animam os palcos dos teatros paulistanos

'Donna Summer Musical', dirigido por Miguel Falabella e 'Gonzaguinha', estrelado pelo ator Rogério Silvestre são destaques

Danilo Casaletti, Especial para o Estadão

08 de abril de 2022 | 05h00

Dirigido por Miguel Falabella, Donna Summer Musical faz nova temporada na cidade. Estrelado pelas atrizes e cantoras Karin Hils, Jeniffer Nascimento e Amanda Souza, a versão brasileira do espetáculo aborda, por meio dos sucessos da cantora e compositora americana, temas como racismo, empoderamento feminino e igualdade de gênero. Nele, estão sucessos como I feel love, Love to love you baby e On the Radio.

A versão brasileira do espetáculo que estreou na Broadway em 2018 é assinada por Bianca Tadini e Luciano Andrey e conta com um elenco de 23 atores e bailarinos e cerca de 200 diferentes peças de figurino.

Reestreia hoje (8). 6ª, 16h e 21h; sáb., 17h e 20h; dom., 16h e 19h. Auditório Ibirapuera. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Parque Ibirapuera. R$ 75/R$ 240. Até 19/6. Compre aqui.

Teatro clássico

Clássico do dramaturgo sueco August Strindberg, a peça O Pai, escrita em 1887, mostra a disputa de um pai e uma mãe pelo direito de educar a filha. O domínio paterno é contestado pela mulher, que decide por desestabilizar o alicerce social da época, fincado no exército, na ciência e na religião. No elenco, os atores Marcos Damigo, Tatiana Montagnolli, Gabriela Rabelo, entre outros. A direção é de Regina Galdino. 6ª e sáb., 21h. dom., 19h. Teatro João Caetano. R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Grátis (retirar ingresso 1h antes). Até 24/4.

Humor feminino

O espetáculo Deboche – Um Show de Humor, da atriz Mila Ribeiro, inaugura o projeto Palco Galeria, do o Galeria Café SP. Na comédia, Mila interpreta duas de suas personagens mais famosas: Marly, a Síndica, que conta divertidas  histórias de seu condomínio, e Dilmoca, uma versão bem-humorada da ex-presidente Dilma Rousseff. Estreia dom. (10). Dom., 19h. Galeria Café. Pça. Benedito Calixto, 103, Pinheiros. R$ 60/R$ 70. Até 24/4. Ingresso aqui.

De Graciliano

Rosas do Burgo Coração, montagem de estreia do grupo Cia das Rosas, tem como ponto de partida diversas obras do escritor Guimarães Rosa, com ênfase em Tutameia, sua última publicação em vida. Desse livro, o grupo adaptou cinco histórias com cinco personagens femininas que foram deslocadas para um ambiente urbano, atmosfera oposta das obras de Rosa. Com isso, a peça toca em assuntos atuais, como a violência contra a mulher. Estreia sáb. (9). Sáb., 20h; dom., 19h. Pequeno Ato. R. Teodoro Baima, 78, Vila Buarque. R$ 40. Até 24/4. Ingresso.

Conflito de interesses

Um Inimigo do Povo, do dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, traz a história do médico Thomas Stockmann, que passa a ser perseguido e ameaçado pelos poderosos de sua cidade, um balneário, após denunciar que as águas do local estão contaminadas. O conflito de interesses revela uma história de terror e assassinatos. A direção é de José Fernando Peixoto de Azevedo. 5ª a sáb., 20h; dom., 18h. Teatro Aliança Francesa. R. General Jardim, 182, Vila Buarque.  R$ 40. Até 1º/5. Garanta seu ingresso.

Explode coração

O musical Gonzaguinha: o eterno aprendiz conta a trajetória de um dos mais importantes compositores da música popular brasileira, autor de clássicos como Explode Coração e Começaria Tudo Outra Vez. Estrelado pelo ator Rogério Silvestre desde 2008, o espetáculo tem direção de Breno Carvalho. Reestreia sáb. (9). Sáb., 21h; dom., 19h. Teatro Jardim Sul. R. Itacaiúna, 61, Vila Andrade. R$ 80. Até 24/4. Compre aqui.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.