TIMOTHY A. CLARY / AFP
TIMOTHY A. CLARY / AFP

Em Nova York, Broadway fecha todas as apresentações por conta do coronavírus

Principal localidade do teatro mundial suspendeu os trabalhos até o dia 13 de abril de 2020

Redação, EFE

12 de março de 2020 | 16h58

NOVA YORK — A Broadway League, em Nova York, anunciou nesta quinta-feira, 12, a suspensão imediata de todas as aprensetações no que se considera a Meca do teatro mundial, como medida de contenção do novo coronavírus. As apresentações serão retomadas, a princípio, no dia 13 de abril de 2020.

A organização afirmou em comunicado que o fechamento da Broadway ocorre a pedido do governador de Nova York, Andrew Cuomo, e que se trata de apoiar a saúde e o bem-estar do público e dos trabalhadores do setor.

"Nossa prioridade absoluta é e seguirá sendo a saúde e o bem-estar de todos os frequentadores de teatro e das milhares de pessoas que trabalham no setor todos os dias, incluindo atores, músicos, bilheteiros e muitos outros profissionais dedicados", disse a presidente da Broadway League, Charlotte St. Martin.

O comunicado assegura que a instituição acompanhará de perto a situação do coronavírus e tomará as decisões necessários, e orienta para que os fãs que já comparam ingressos para as apresentações até 12 de abril entrem em contato com as empresas vendedoras para eventuais reembolsos.

Na quarta-feira, a Organização Mundial da Saúde afirmou que o coronavírus causador da Covid-19 já se pode definir como uma "pandemia".

A ONU já alertou essa semana que mais de 110 mil casos foram registrados no mundo todo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.