NADJA KOUCHI
NADJA KOUCHI

'Cultura, o Musical' tornou-se um programa indispensável

Com mais de 1.300 candidatos inscritos, programa revelou talentos que demorariam para despontar

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2019 | 03h00

O empate entre os candidatos Aline Serra e Vitor Moresco na final do programa Cultura, o Musical expressa a qualidade dos talentos que cada vez mais despontam no musical brasileiro. A final vai ser reapresentada pela Cultura neste sábado, 15, às 17h45. 

Foram seis eliminatórias, além de duas semifinais até a realização da final, ocorrida na Sala São Paulo. O pontapé inicial começou com a inscrição de mais de 1.300 candidatos de todo o Brasil, dos quais 36 participaram da competição. Houve, ali, um ruído, com reclamações por conta de alguns selecionados não serem totalmente desconhecidos. Prefiro apostar na força do talento, pois o gênero musical exige uma versatilidade cada vez mais afiada dos artistas – para manter o espírito da Broadway nos palcos paulistanos só mesmo com um rigor estilístico.

A final do programa pareceu seguir um roteiro, ainda que a ordem das apresentações tivesse sido montada sem essa intenção. Afinal, entre os sete finalistas, Aline e Vitor mostraram seus números no último bloco. E foi o suficiente para que as mais de 1.500 pessoas presentes na Sala São Paulo soubessem que o campeão sairia dali.

Vitor Moresco, de 23 anos, apresentou Fake You Way To The Top, do musical Dreamgirls. Sábia escolha, pois possibilitou que ele mostrasse suas principais qualidades: domínio do humor, controle do gestual, alcance vocal. Sua bem-humorada apresentação contrastou com a carga emotiva trazida por Aline Serra, 25, que cantou I’m Here, do musical The Color Purple. Foi como um encantamento de serpente: aos poucos, ela hipnotizou a plateia, convencida de que ali nascia uma estrela.

Cultura, o Musical mostrou que a TV necessita de um programa assim. Indispensável. Assim como Jarbas Homem de Melo como mestre de cerimônia. Irretocável.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.