Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Nina Jacobi
Nina Jacobi

‘Campo do Brincar’ reúne atrações para divertir as crianças a partir de 6 anos

Festival em formato online conta com oito atividades, entre lives, shows e vídeos

Eliana Silva de Souza, O Estado de S.Paulo

10 de julho de 2021 | 05h00

O povo da cultura continua se desdobrando para conseguir realizar eventos de forma virtual que consigam prender a atenção de um público exigente e difícil de ficar concentrado em frente de uma telinha. Preparem-se famílias, pois, neste sábado, 10, e domingo, 11, entre 16 h e 18h30, será realizado o Festival Campo do Brincar 2021, com diversas atrações gratuitas e online para divertir crianças na faixa etária até 6 anos, que poderão conferir oito atividades, entre lives, shows e vídeos. 

Com o mesmo nome da plataforma criada em 2020 nas redes sociais e que agrega conteúdo dirigido aos pequenos, o festival também tem à frente Gisele Pennella, artista, pedagoga e gestora de projetos em cultura e educação, e o músico e produtor Fernando Alves. A dupla buscou unir o universo da arte ao da educação, meio em que já atuavam. Segundo Gisele, tudo começou com a ideia de propor projetos para “estimular a sensibilidade e aprimorar as percepções desde a infância para, na vida adulta, possibilitar maior escuta e convívio mais harmonioso, com os próprios sentimentos e com os outros”. Com o interesse de estimular cultura e educação para a primeira infância, chegaram ao formato do evento que será realizado agora e que tem programação variada, que poderá ser conferida pelas redes sociais e no YouTube.

“A programação do Festival Campo do Brincar foi pensada para sempre na primeira hora oferecer uma atividade para os adultos e, na sequência, para as crianças”, conta Gisele. Dessa forma, neste sábado e domingo, às 16h, estão programadas lives temáticas, que terão como objetivo colocar em foco questões importantes para o contexto do brincar e do se relacionar com crianças. “No sábado, receberemos Chico dos Bonecos, poeta premiado e arte-educador, e, no domingo, Camila Tarif, psicóloga que desenvolve interessante trabalho com habilidades socioemocionais junto a crianças”, revela a idealizadora.

Entre as atividades direcionadas às crianças, haverá a apresentação em diferentes formas de se contar histórias, como será o caso da Cia Truks, reconhecida por seus espetáculos com o uso de bonecos e outros objetos animados. As crianças poderão conferir um trecho do espetáculo Sonhatório, no qual três personagens criam um mundo paralelo, em que coisas ganham vida e se transformam em companheiros de aventura. 

“Também apresentaremos atividades musicais diferentes, passando pelas brincadeiras da cultura popular, ressaltando a poesia presente nas canções e as músicas que contam histórias”, revela Gisele. 

Entre os destaques da programação, ela fala sobre uma visita virtual a um museu, no sábado. “Uma atividade desenvolvida especialmente para o Festival foi a Visita ao Museu, que convida o espectador a conhecer o MAM, o Museu de Arte Moderna de São Paulo, e participar de uma rápida atividade de leitura de imagem, que tem como propósito estimular o olhar analítico da criança ao ver uma obra de arte visual.” 

Também nesse primeiro dia do evento, o público será convidado a fazer uma viagem lúdica em brincadeiras e manifestações da cultural popular brasileira. Em Brincadeiras com Haydeezita – Arte e Poesia, o contato será por ritmos como o cacuriá, coco, carimbó e das congadas. A atividade estará a cargo da educadora musical e pesquisadora da cultura popular Haydée Katzman e do músico e arte-educador Teo Meneses, que interpretam músicas autorais e de domínio público, que serão intercaladas por quadrinhas populares. 

Na programação do domingo, está o projeto Atauara, que propõe uma viagem por elementos da natureza. Trata-se de realizar a contação de histórias a partir do curta-metragem Conhecer o Mar. Atauara, que revela um mundo fantástico, protegido por cinco guardiões – uma velha sábia chamada Raiú e quatro crianças, Toá, Talili, Lunelê e Kiruquiki. 

Outra atração contará com a apresentação da cantora e compositora Vanessa Bumagny com seu espetáculo Canções que Guardam

Poemas

O projeto de Vanessa propõe uma brincadeira lúdica a partir do poema Concha, do escritor espanhol Federico Garcia Lorca. A ideia é revelar para o público, em uma brincadeira com desenho, que os livros podem nos oferecer mais que uma divertida leitura. Depois dessa atividade, o público confere o clipe da música que Vanessa Bumagny e sua banda gravaram. 

E o encerramento do Festival Campo do Brincar será com o duo Tiquequê, que apresenta um pocket show. Com 20 anos de estrada e já uma referência nesse universo infantil, Diana Tatit e Wem se preocupam em criar obras que estimulem a capacidade visual, de movimento e de interação das crianças. Além de interpretar suas canções simples e divertidas, o Tiquequê traz também seu trabalho em teatro, narração de histórias, dança e brincadeiras. 

Sabendo o que esperar do evento proposto, agora é pegar sua turminha e aproveitar as atividades que foram pensadas para unir a família. Para acompanhar a programação, é só entrar no canal de YouTube da plataforma Campo do Brincar (youtube.com/campodobrincar). E bom divertimento. 

Tudo o que sabemos sobre:
teatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.