Alex SIlva/Estadão
Alex SIlva/Estadão

Após proibição, peça com Jesus transexual é encenada em Garanhuns

Justiça impediu exibição de 'O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu' no Festival de Inverno de Garanhuns horas antes do evento

O Estado de S.Paulo

28 Julho 2018 | 13h05

A peça teatral O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu, incluída na programação oficial do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), em Pernambuco, foi apresentada mesmo após proibição judicial horas antes do evento. 

+Relembre outras apresentações da peça

O espetáculo, que causou polêmica por onde passou desde sua estreia, havia sido proibido de ser apresentado no início de julho, mas o Ministério Público reverteu essa decisão na quinta, 26.

A peça, que estava marcada para ontem, 27, foi cancelada novamente a pedido da Justiça, de acordo com nota oficial da Secretaria de Cultura de Pernambuco, mas foi exibida de maneira independente do evento.

+Justiça gaúcha negou pedido de proibição de peça com trans no papel de Jesus

A primeira sessão foi realizada na tarde da sexta-feira e, antes da segunda apresentação, à noite, houve relatos de um rojão estourado atrás do local onde o espetáculo era sediado, mas não houve feridos. 

Imbroglio. A decisão do desembargador Roberto da Silva Maia, na sexta, proibia a apresentação a pedido da Ordem dos Pastores Evangélicos de Garanhuns e Região, contrariando a decisão anterior, do desembargador Sílvio Neves Baptista Filho, que permitia a execução da peça. 

Após o impasse, o presidente em exercício do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Cândido Saraiva, manteve a decisão de reintegrar a peça à programação do FIG neste sábado, 28, último dia do evento. Caso essa medida seja descumprida, o Estado e a Prefeitura do município terão que pagar multa de R$ 50 mil.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.