Sarah Lee / GUARDIAN
Sarah Lee / GUARDIAN

Aos 89 anos, morre John Barton, cofundador da Royal Shakespeare Company

Diretor era considerado uma das maiores influências na atuação para peças de Shakespeare

AP

19 Janeiro 2018 | 10h57

John Barton, co-fundador da Royal Shakespeare Company, morreu aos 89 anos. A companhia informou em seu site, na noite desta quinta, 18, à noite.

Barton cofundou a empresa em 1960 e passou o resto de sua carreira com o grupo. Ele era "simplesmente uma das maiores influências na atuação de Shakespeare do século passado ", disse o diretor artístico do RSC, Gregory Doran.

Barton dirigiu muitas peças clássicas e ensinou gerações de atores como abordar os trabalhos de Shakespeare. Doran disse que Barton teve uma rara "capacidade de descobrir as pistas que Shakespeare escreveu no texto para permitir que os atores entregassem com frescura, vivacidade e clareza.''

Ele colaborou com o co-fundador Peter Hall sobre o influente The Wars of The Roses, em 1963 e dirigiu Twelfth Night, Much Ado About NothingLove's Labor Lost e outros, trabalhando com Judi Dench, Donald Sinden, Patrick Stewart e outros grandes atores britânicos.

Barton continuou trabalhando com a empresa até alguns anos atrás. Ele tinha mudado de sua casa no centro de Londres para uma casa de cuidados no oeste da cidade.

Mais conteúdo sobre:
John Barton teatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.