BRUNO LEMOS
BRUNO LEMOS

9 espetáculos para festejar o Dia da Criança em SP

Tem circo, tem musical e tem caça ao tesouro. Confira uma lista com montagens para levar crianças de 1 a 99 anos. 

Leandro Nunes , O Estado de S. Paulo

10 Outubro 2015 | 09h00

Quem quer ir ao teatro põe o dedo aqui!

Nesse fim de semana e feriado, não vai faltar programação divertida para levar a criançada ao teatro. Na lista, nove montagens trazem temas diversos e para todas as faixas de idades, inclusive para os adultors. A peça O Que eu Sonhei foi feita para os pequeninos de 1 a 6 anos, já O Ilha do Tesouro propõe uma aventura pirata para a turminha a partir dos 7 anos.

Destaque também vai para trabalhos inspirados na literatura. Três deles são de autores brasileiros: A Lenda do Vale da Lua, a partir da obra de João das Neves, Dois Idiotas Sentados Cada Qual no Seu Barril, e Reizinho Mandão, ambos da escritora Ruth Rocha.

Ah! tem também o musical Mônica Mundi que faz uma viagem pelo globo para conhecer diferentes culturas e suas tradições. Passando por Shakespeare, a peça As Bruxas da Escócia, traz a grande batalha de Macbeth, obra de Shakespeare.

E para quem gosta de circo, o Universo Casuo apresenta o mundo colorido do protagonista do espetáculo Alegria, do Cirque du Soleil, Marcos Casuo. E quem prefere ouvir histórias com muitos segredos, a peça O Mistério do Sapato Desaparecido investiga o sumisso do sapatinho da Cinderela. Cuidado, todos são suspeitos!

Dois Idiotas Sentados Cada Qual no Seu Barril

Da obra de Ruth Rocha, a peça conta a história de Teimosinho e Mandão, combatentes de guerra, que carregam cada qual um barril cheio de pólvora, que usam como forma de poder e intimidação do outro. O espetáculo estreia no domingo, 11, às 11h, no Sesc Ipiranga, e faz. A peça aproveita o feriado e faz sessão na segunda-feira, às 11h.

Sesc Ipiranga. Rua Bom Pastor, 822. Dom., 11h. Tel.: 3340-2000. R$ 6 – R$ 20. Até 29/11.

O Ilha do Tesouro

O espetáculo integra adultos e crianças em jogos lúdicos de aventura e teatro que mescla encenação, interatividade e uma instalação cenográfica de 500 metros quadrados. A peça está em cartaz desde 2005 e tudo começa numa taverna quando as crianças entram por um alçapão e partem em busca de um tesouro. Do outro lado, os adultos viram piratas. Não é aconselhável para crianças menores de 7 anos. Recomenda-se roupas confortáveis.

Teatro do Centro da Terra. Rua Piracuama, 19, Sumaré. Tel.: 3675-1595. Domingos, 11h.. R$ 60. Até 12/12.

Mônica Mundi

A peça que já teve uma sessão especial para crianças deficientes visuais e auditivas, apresenta o musical com a Mônioca, Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento e Jeremias. Com toda a turma, as crianças são convidadas a conhecer tradições como as de Portugal, Itália, Japão, França, Estados Unidos, África e do nosso Brasil. A peça está em cartaz no Teatro Sergio Cardoso neste sábado, 10, domingo, 11, e segunda-feira, 12, às 16h e às 18h30. R$ 30 – R$ 40.

Teatro Sergio Cardoso. Rua Rui Barbosa, 153. Tel: 3288-0136. Sáb,. Dom., segunda-feira, 12, 16h30, 18h30. Até 17/10.

A Lenda do Vale da Lua

Neste sábado, 10, estreia o espetáculo adaptado da obra de João das Neves no Teatro Porto Seguro. A peça tem trilha sonora composto por Chico César e rireção de Wilma Souza. Por meio da poesia e das canções, os atores brincam com a plateia e evocam os folguedos populares.

Teatro Porto Seguro. Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos. Sáb., 15h. Tel.: 3226.7300. R$ 20 – R$ 40. Até 22/10.

O Reizinho Mandão

O texto de Ruth Rocha ganhou uma montagem com atores e atrizes com síndrome de Down. A peça segue em cartaz no Teatro Augusta e conta a história de um príncipe que ao chegar ao trono, com a morte do pai, transforma-se em um monarca autoritário, diferente de seu bondoso pai. As sessões são realizadas aos sábados e domingos, às 16h.

Teatro Augusta. Sala Paulo Goulart. Rua Augusta, 943, 3151-4141. Sáb. e dom., 16h. R$ 40. Até 22/11.

O Que Eu Sonhei

No domingo, 11, os pequeninos de 1 a 6 anos têm um peça reservada para eles. O espetáculo O Que Eu Sonhei, da Cia Zin tem apresentação no Teatro UMC, na Vila Leopoldina. Com trilha sonora delicada e executada ao vivo, a montagem aborda o universo do sono. Os bebês são convidados a ficarem no palco acompanhado dos pais e compartilhares de canções de ninar.

Teatro UMC. Av. Imperatriz Leopoldina, 550. Dom. 11h. Tel.: 3476-6403. R$ 20.

O Mistério do Sapato Desaparecido

O sapato de Cinderela sumiu! Para investigar o seu paradeiro, um sapato-detetive, a la Sherlock Holmes, entra em ação e vai parar em uma sapataria. Lá ele encontra famosos sapatos das histórias infantis. Todos são suspeitos! Na peça, apresentada aos domingos, às 15h, o Teatro Por Um Triz, explora as possibilidades expressivas dos sapatos dentro da linguagem do Teatro de Objetos.

Armazém Cultural. Rua dos Cariris, 48, Pinheiros. Tel.: 2729-5137. Domingos, às 15h. R$ 20. Até 25/10.

Universo Casuo

Prepare-se para o mundo paralelo de o Universo Casuo, espetáculo criado pelo protagonista do espetáculo Alegria, do Cirque du Soleil, Marcos Casuo. Apenas nos dias 10, 11 e 12, o Clown apresenta a saga de um planeta Terra que não traz mas nenhuma cor. Para resolver isso, ele atravessa o portal e entrar no nosso mundo para trazer de volta as cores.

Teatro J. Safra. Rua Josef Kryss, 318 - Barra Funda.Tel.: 3611-3042. Sáb., 21h, dom., e 2ª, 19h. R$ 60 – R$ 100. Até 12/10.

As Bruxas da Escócia

Livremente inspirado em Macbeth, de William Shakespeare (1554-1616), Bruxas da Escócia conta a história de um nobre e valoroso escocês que, após vencer uma importante batalha, é surpreendido por três bruxas que fazem previsões sobre seu futuro, sendo a mais surpreendente de todas a de que ele em breve será rei. A Cia Vagalum Tum Tum se apresenta no Sesc Belenzinho neste sábado, 10, às 12h; e nos dias 7, 18, 24, 25, 31/10; 01 e 02/11.

Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1.000. Tel.: 2076-9700. Sáb,. 10, às 12h e nos dias 17, 18, 24, 25, 31/10; 01 e 02/11. R$ 6 – R$ 20.

Mais conteúdo sobre:
Teatro Infantil

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.