Div
Div

Zé Celso protesta contra especulação imobiliária em SP

Diretor se pronunciou no Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente sobre o despejo do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos

O Estado de S. Paulo

30 de novembro de 2014 | 17h24

O diretor José Celso Martinez Correa protestou contra ação de despejo sofrida pelo Núcleo Bartolomeu de Depoimentos na abertura do Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente (Fentepp) na noite de sexta-feira, 28, no texto de abertura do espetáculo Walmor y Cacilda 64 – Robogolpe, do Teat(r)o Oficina.

“Ontem [quinta-feira, 27] expulsaram o grupo Bartolomeu de sua sede, um local sagrado, por causa de uma especulação imobiliária voraz. Outros 21 grupos teatrais também estão ameaçados. Abaixo à especulação!”, disse o diretor.

O coletivo trava um embate com a Ink Incorporadora desde dezembro do ano passado, quando recebeu um pedido de desocupação pelo proprietário. O local dará espaço ao empreendimento residencial Tetrys Pompeia. “Quando tentei conversar, disseram que não iriam discutir sobre direito comigo”, diz um dos fundadores do grupo, Eugênio Lima, acusando a empresa de passar uma imagem de conciliadora para a imprensa e agir com truculência, na prática.

As apresentações do novo espetáculo do Oficina encerraram o Fentepp, evento realizado no interior paulista entre os dias 21 e 29 de novembro, e que reuniu 25 espetáculos de sete estados.

Mais conteúdo sobre:
Teatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.