Veterano ator James Earl Jones volta aos palcos da Broadway

Vencedor de dois prêmios Tony, o Oscar do teatro norte-americano, o ator James Earl Jones retorna aos palcos de Nova York no mês que vem como o ecêntrico avô da comédia romântica dos anos 1930 "You Can't Take It With You" em uma remontagem com a atriz australiana Rose Byrne, que faz sua estreia na Broadway.

REUTERS

25 de julho de 2014 | 19h07

A peça, que conta a história de uma família norte-americana amorosa, mas estranha, venceu o prêmio Pulitzer em 1937. A pré-estreia acontece em 26 de agosto, e o espetáculo entra em cartaz em 28 de setembro por um período de 19 semanas.

Jones, que atuou na Broadway pela última vez em uma reencenação de "The Best Man", de Gore Vidal, em 2012, lidera um elenco multiracial no papel de Martin Vanderhof, um patriarca avesso a pagar impostos.

“A peça trata de forças que se atraem na família, de como estão em uma órbita, e o princípio é que você pode ser você mesmo contanto que não machuque mais ninguém”, disse Jones, de 83 anos, com seu clássico vozeirão, em uma entrevista.

Os problemas começam quando sua neta (Byrne), o membro mais são da família e secretária de uma firma de Wall Street, apaixona-se pelo filho do chefe, Tony Kirby. O ator Fran Kranz, de 33 anos, assume o papel desempenhado por James Stewart no filme homônimo. A popular peça também virou série e filme de televisão.

(Reportagem de Patricia Reaney)

((Tradução Redação São Paulo; +5511 5644-7731)) REUTERS BM

Tudo o que sabemos sobre:
TEATROVOLTAJONES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.