João Gabriel Monteiro/Divulgação
João Gabriel Monteiro/Divulgação

Variedade é a tônica das peças da semana

Espetáculos têm gêneros diferentes e relações com diversos países

O Estado de S. Paulo

17 de outubro de 2014 | 09h00

Nesta semana, variedade é a ordem para as estreias de teatro e dança. Há espetáculos para todos os gostos: teatro clássico, gestual, grande produção e dança contemporânea. E cada uma das peças tem relação com um país diferente.

São apenas três chances para ver Desh. No espetáculo, o bailarino Akram Khan -- nascido em Londres, mas de origem bangladeshiana -- conta parte da história do país e sua estranha relação com o local. Apesar da vontade de seu pai de que ele fosse ligada à cultura de Bangladesh, Khan sempre se sentiu britânico.

Teatro Alfa (1.118 lug.). R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro, 5693-4000. Hoje (17), 21h30; sáb. (18), 20h; dom. (19), 18h. R$ 50/R$ 190.

Do Canadá vem o diretor Robert Lepage. Ele apresenta Copas, a segunda montagem de uma tetralogia em que cada peça leva o nome de um naipe do baralho. No enredo, a relação entre um motorista de táxi que vive em Quebec e o mágico francês Houdini.

Sesc Santo Amaro. Ginásio (600 lug.). R. Amador Bueno, 505, 5541-4000. Estreia 4ª (22). 20h. R$ 18/R$ 60. Até 25/10.

A companhia Dos à Deux, que tem um pé na França e um pé no Brasil, volta a São Paulo para mais uma estreia. Em Irmãos de Sangue, o grupo conta a história de dois irmãos. Muito unidos na infância, eles se separam depois de uma tragédia. Quando se reencontram, relembram os acontecimentos. Tudo isso sem uma única palavra: a pesquisa da Dos à Deux é sobre teatro gestual.

Sesc Belenzinho. Teatro (392 lug.). R. Padre Adelino, 1.000, 2076-9700. Estreia hoje (17). 5ª, 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 8/R$ 40. Até 2/11.

O Dia em que Sam Morreu é da brasileiríssima Armazém Cia. de Teatro, mas ganhou prêmios lá fora: a peça foi reconhecida nos festivais de Edimburgo e Avignon, os principais eventos de teatro da Europa. O enredo se passa em um hospital, que é invadido por um homem armado que quer questionar os limites do mundo atual. Os seis personagens da peça falham em momentos profissionais que exigem ética.

Sesc Consolação. Teatro Anchieta (280 lug.). R. Dr. Vila Nova, 245, 3234-3000. Estreia hoje (17). 6ª e sáb., 21h; dom., 18h. R$ 12/R$ 40. Até 30/11.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.