Musical inspirado no rapper Tupac é cancelado na Broadway

Fracasso nas bilheterias estimulou o cancelamento da produção, que estreou há um mês

O Estado de S. Paulo

15 de julho de 2014 | 18h06

A Broadway aparentemente não estava pronta para um musical de Tupac que não fosse sobre o rapper. De acordo com o jornal Los Angeles Times, as bilheterias abaixo das expectativas foram o principal motivo para o cancelamento do espetáculo, um mês depois de sua estreia.

Idealizada pelo poeta Saul Williams, a produção contava com arranjos de músicas célebres do rapper, como Keep Ya Head Up, Me Against the World, Dear Mama e Holler If Ya Hear Me, que dava nome ao espetáculo. Mas os criadores do show não obtiveram direitos de reprodução da biografia do músico. O musical usava as letras e músicas de Tupac para contar a história de um personagem fictício que retorna para sua cidade depois de um tempo na prisão. Tupac foi morto em 1996 aos 25 anos.

De acordo com o Times, quando o show abriu, há pouco mais de um mês, as críticas não foram bondosas, e houve rumores de que os produtores nem iriam estrear o musical, devido às baixas bilheterias. Aproximadamente 55% dos ingressos foram vendidos.

Um filme em formato de cinebiografia está sendo produzido sobre Tupac Shakur. Depois de inúmeros problemas entre a produtora Morgan Creek e a família, no início deste ano foi divulgado que John Singleton (Os Donos da Rua) será o diretor da produção. O filme está em estado de pré-produção e tem previsão de chegar aos cinemas em 2015.

Tudo o que sabemos sobre:
TupacBroadwayMusicalTeatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.