José Patrício/AE
José Patrício/AE

Três peças são destaque do 21.º Prêmio Shell do teatro paulista

'A alma boa de Setsuan', 'A noite dos palhaços mudos' e 'Rainha[(s)]' foram premiadas na noite de terça-feira

da Redação, estadao.com.br

18 Março 2009 | 17h27

A 21.ª edição do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo consagrou as peças "A alma boa de Setsuan", "A noite dos palhaços mudos" e "Rainha[(s)]" na noite de terça-feira, 17. A premiação aconteceu no espaço Estação São Paulo, no bairro de Pinheiros. Confira abaixo a lista completa dos vencedores em cada categoria:

 

Autor:

· Marçal Aquino e Marília Toledo, por "Amor de servidão"

 

Direção:

· Marco Antônio Braz, por "A alma boa de Setsuan"

 

Ator:

· Domingos Montagner e Fernando Sampaio, por "A noite dos palhaços mudos"

 

 

Atriz:

· Isabel Teixeira, por "Rainha[(s)] - duas atrizes em busca de um coração"

 

Cenário:

· Renato Bolelli Rebouças, por "Arrufos"

 

Figurino:

· Silvana Marcondes, Fernando Sato e Júlio Dojcsar, por "O santo guerreiro e o herói desajustado"

 

Iluminação:

· Felipe Cosse e Juliano Coelho, por "Aqueles dois"

 

Música:

· Josimar Carneiro, pela direção musical de "Divina Elizeth"

 

Categoria especial:

· Centro de Pesquisa Teatral do Sesc, pelos 10 anos do projeto Prêt-à-Porter

 

Homenagem:

· Ao professor e editor Jacó Guinsburg, pela contribuição ao pensamento crítico do teatro no Brasil.

Mais conteúdo sobre:
Prêmio Shellteatro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.