Otávio Dantas
Otávio Dantas

'Escuro' da Companhia do Hiato estreia no CCSP

A peça mostra personagens que possuem algum tipo de limitação na linguagem visual, auditiva ou na fala

Estadão.com.br,

17 de março de 2011 | 17h03

Escuro é a primeira peça da Companhia do Hiato, que estreia nesta sexta-feira, 18, no Centro Cultural São Paulo (CCSP), na Rua Vergueiro, 1000.

Escuro, que tinha cinco indicações ao Prêmio Shell foi premiada pela autoria, figurino e cenário. O espetáculo mostra quatro núcleos de personagens que possuem algum tipo de limitação na linguagem, permeados por relatos do neurologista Oliver Sacks.

Um menino míope, com a audiação aguçada para segredos passa parte do tempo na piscina de um clube. Uma senhora recebe a costureira para aulas de natação. Sem piscina, elas usam tigelas cheias de água. Em processo de perda da fala, um homem ensaia um discurso perto de aquários vazios.

Além de Escuro, outra peça da companhia que irá estreiar em 8 de abril é Cachorro Morto. O dramaturgo e diretor da Companhia do Hiato, Leonardo Moreira, ainda ministrará oficinas gratuitas previstas para o mês de maio.

Cachorro Morto traz a tona o mundo de um portador da Síndrome de Asperger, um tipo de autismo. O espetáculo busca mostrar como é a lógica e as relações afetivas de um autista, além do transtorno psiquiátrico.

Escuro

Quando: Sextas-feira e sábados, às 21h; domingo, às 20h

Quanto: R$ 20,00; no dia 25/3: preço popular de R$ 2,55

Onde: CCSP (Rua Vergueiro, 1000)

Tudo o que sabemos sobre:
Companhia do Hiato'Escuro'CCSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.