Série original da Amazon, "Dom" mostra "bandido gato" que assaltava mansões no Rio
Conteúdo Patrocinado

Série original da Amazon, "Dom" mostra "bandido gato" que assaltava mansões no Rio

Produção está disponível no Prime Video, que oferece 30 dias de teste grátis

Estadão Blue Studio, O Estado de S.Paulo
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

14 de junho de 2021 | 10h46

A Amazon vem investindo cada vez mais em grandes produções audiovisuais, e o Brasil marca presença no catálogo de novidades. Lançada no dia 4 de junho, a série "Dom" é um drama policial inspirado na história real de Pedro Dom, um jovem rapaz da classe média carioca que se tornou líder de uma gangue criminosa que assaltava residências de luxo no Rio de Janeiro, no início dos anos 2000. 

O papel-título é de Gabriel Leone, que interpreta com maestria um viciado em cocaína que tenta por diversas vezes ficar longe das drogas, mas não consegue e entra cada vez mais no mundo do crime. O ator Flavio Tolezani vive o pai do chamado "bandido gato", que tem grande importância na trama, contando como os desafios de sua vida, desde a infância, foram moldando o destino perturbador do filho.

LEIA TAMBÉM

Assine o Amazon Prime agora e ganhe 30 dias de teste grátis

"Esquenta" para o Prime Day já começou! Veja ofertas

A série, com direção de Breno Silveira e Vicente Kubrusly, tem oito episódios de mais ou menos 1 hora de duração cada um. A produção está disponível no Prime Video, serviço de video sob demanda da Amazon. Quem é assinante Amazon Prime (R$ 9,90 por mês) tem acesso não apenas aos filmes e séries do catálogo, mas a uma série de produtos e benefícios, como frete grátis em milhares de produtos, promoções exclusivas e músicas e eBooks à vontade. 

Lembrando que dá para aproveitar 30 dias de teste grátis, para experimentar todas as funcionalidades - e ainda, de quebra, já garantir a possibilidade de participar do Prime Day e adquirir várias ofertas (o evento acontece nos dias 21 e 22 de junho).

Assine a Amazon Prime para ganhar frete grátis em milhares de produtos, além de ter acesso a promoções exclusivas e curtir séries, músicas e eBooks à vontade. Saiba mais

Os preços podem sofrer alteração, e o Estadão pode receber comissão por meio de vendas realizadas em links presentes neste artigo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.