Mr. Plot/Cartoonito
Mr. Plot/Cartoonito

Mundo Bita estreia sua primeira série animada 'Imagine-se' no Cartoonito e HBO Max

Fenômeno da internet para público pré-escolar coleciona dez milhões de inscritos em seu canal do Youtube e traz para a TV um mundo cheio de imaginação e música

Daniel Silveira, O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2022 | 08h00

Quando o bigogudo Bita nasceu, apenas um desenho no quarto da filha de Chaps Melo há pouco mais de dez anos, ele não sabia o que o aguardava. Nem o "pai" dele, nem os outros criadores do Mundo Bita, João Henrique Souza, Enio Porto e Felipe Almeida. Desde então, o boneco se tornou um sucesso entre o público pré-escolar, colecionando dez milhões de inscritos em seu canal do Youtube. Agora, o Mundo Bita se prepara para voos mais altos, estreando, nesta segunda-feira, 1º, a série animada Imagine-se, no canal fechado Cartoonito e na plataforma de streaming HBO Max.

“A inspiração para fazer a série vem da vontade de dar voz aos personagens e explorar um pouco mais a individualidade de cada um”, comenta Chaps Melo, um dos idealizadores do Mundo Bita, em entrevista ao Estadão. A série traz o conteúdo já conhecido das canções famosas na internet para uma animação. Serão aventuras cheias de aprendizado, descobertas, crescimento e, claro, muita música. 

A trama se passa na Galáxia da Alegria, um lugar muito distante no espaço sideral em que Bita e os Plots (pequenos alienígenas verdes) habitam no Mundo Bita armazenando imaginação, que vem de toda parte do universo, e que é o combustível para fazer as engrenagens funcionarem por lá. O Planeta Terra é um recanto rico dessa matéria-prima e rota costumeira de Bita. Aqui, Lila, Dan, Tito, Tina e outros amigos e amigas são uma turma cheia de ideias, guiados por Flora, professora de música. Quando imprevistos acontecem eles chamam Bita, que com música, ajuda a solucionar os problemas que vão surgir a cada novo episódio. 

Expansão do universo

“A gente vai poder mostrar um pouco mais de como funciona o Mundo Bita e a relação do Bita com os outros personagens, que são as crianças do planeta Terra”, comenta Chaps. “Nossa expectativa é conseguir falar um pouco mais explicadamente sobre alguns assuntos sem ficarmos limitados à métrica”, continua. Além disso, tem o desejo de ir além das canções com outros formatos e conteúdos. “É uma coisa que as famílias já nos pedem há muito tempo, uma vontade que crianças e suas famílias tinham de estar mais próximos dos personagens, de conhecer como é o Mundo Bita, quem ajuda ele, entender um pouco mais desse universo”, complementa.

E não poderia ser de melhor forma senão com uma parceria como Cartoonito, canal com conteúdos voltados para crianças em fase pré-escolar. “Para a gente é muito valioso e importante estabelecer essa parceria”, diz Marina Filipe, gerente de produção original do Cartoon Network, que reafirma a valorização da produção original brasileira nos canais da marca. “Eu vejo essa ampliação para série como algo muito natural dos personagens tão fortes que eles têm”, elogia.

Os episódios de Imagine-se vão ao ar diariamente às 10h, com direito a reprises às 22h. Já no fim de semana os episódios são acompanhados de clipes musicais da franquia, sempre às 9h. (Os horários podem variar). Além disso, o YouTube oficial do canal e o CN App trarão sempre conteúdos relacionados à série. 

Novas experiências

Além da série, outra novidade é o jogo Mundo Bita: Brinquedos Perdidos, que vai garantir diversão completa dos pequenos e suas famílias. Desenvolvido especialmente para as crianças em fase pré-escolar, o game já está disponível no site oficial de Cartoonito

No jogo, as crianças precisam ajudar Bita, Dan, Lila e Tito a encontrar os brinquedos perdidos no parquinho. Também dá para interagir com o cenário e descobrir surpresas divertidas. 

Chaps conta também que, em breve, o Mundo Bita fará uma nova parceria com o cantor Caetano Veloso. “Já é a terceira música que vamos fazer com ele, agora vem Lua de São Jorge”, revela Chaps. O grupo já gravou O Leãozinho e Odara.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.