Danny Moloshok/ Reuters
Danny Moloshok/ Reuters

Julia Roberts e Sean Penn vão protagonizar série sobre o caso Watergate

Com direção de Matt Ross, 'Gaslit' será uma adaptação da primeira temporada do podcast 'Slow Burn'

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de fevereiro de 2021 | 14h46

A Starz anunciou nesta segunda, 22, que irá produzir a série antológica Gaslit, que será protagonizada por Julia Roberts e Sean Penn. Com direção de Matt Ross, produção será uma adaptação da primeira temporada do premiado podcast sobre Watergate, Slow Burn

 

Gaslit vai ser exibida no canal Starz nos Estados Unidos e Canadá, e em sua plataforma de streaming Starzplay na Europa, América Latina e Japão. 

“Em Gaslit, não só temos a oportunidade de contar uma história incrível e não contada ao trazer o papel histórico de Martha Mitchell em Watergate para o primeiro plano, mas também temos a sorte incrível de ter um elenco dos sonhos que inclui Julia e Sean e a melhor equipe criativa e parceiros que poderíamos ter pedido”, disse Christina Davis, presidente de Programação Original da Starz, no comunicado à imprensa. 

Versão do escândalo de Watergate enfoca as histórias não contadas e os personagens esquecidos do escândalo. Ela será centrada em Martha Mitchell, vivida por Roberts. Uma grande personalidade que diz o que pensa, Martha é uma socialite celebridade do Arkansas e mulher do leal Procurador Geral de Nixon, John Mitchell, interpretado por Penn. Apesar de sua filiação partidária, ela é a primeira pessoa a soar publicamente o alarme sobre o envolvimento de Richard Nixon em Watergate, causando o desmoronamento tanto da presidência quanto de sua vida pessoal. Como Procurador Geral, John Mitchell (Penn) é o conselheiro mais confiável e melhor amigo de Nixon. Temperamental, desbocado e implacável – mas perdidamente apaixonado por sua esposa famosa por ser franca – ele é forçado a escolher entre Martha e o Presidente.

Filmes sobre bastidores do poder

The Post – A Guerra Secreta (2018), de Steven Spielberg 

Filme com Meryl Streep e Tom Hanks fala de um momento crucial da história recente norte-americana, o vazamento para a imprensa, em 1971, de documentos secretos do Pentágono referentes à Guerra do Vietnã. 

Todos os Homens do Presidente (1976), de Alan J. Pakula

Em 1972, os jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein, do Washington Post, iniciam uma investigação sobre a invasão de cinco homens à sede do Partido Democrata, que dá origem ao escândalo Watergate e que teve como conseqüência a queda do então presidente dos Estados Unidos Richard Nixon.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
streamingJulia RobertsSean Penn

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.