NETFLIX
NETFLIX

Dia do Folclore: confira séries para assistir no streaming

Produções infantis e adultas estão disponíveis em YouTube, Netflix e Globoplay

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2021 | 13h01

O Dia do Folclore é celebrado neste domingo, 22 de agosto. Além da tradição oral e dos diversos livros que abordam as histórias do folclore brasileiro, este universo também é retratado em diversas produções disponíveis para assistir no YouTube e em serviços de streaming. Confira alguns exemplos abaixo.

Cidade Invisível - Netflix

Criada por Carlos Saldanha, a série aborda o universo das lendas do folclore brasileiro como se fossem pessoas comuns em meio à sociedade, em um clima de suspense e investigação policial

Protagonizada por Marco Pigossi e Alessandra Negrini, o elenco também traz Julia Konrad, Jimmy London, Wesley Guimarães, José Dumont, entre outros. A segunda temporada de Cidade Invisível já foi confirmada pela Netflix

Sítio do Picapau Amarelo - Globoplay

Seis temporadas da versão de Sítio do Picapau Amarelo produzida pela Globo nos anos 1970 e 1980 estão disponíveis no serviço de streaming Globoplay. Baseada na obra de Monteiro Lobato, a série aborda diversos personagens do folclore brasileiro, como Saci Pererê, Cuca e Iara.

Turma do Folclore - YouTube e Amazon Prime Video

Voltado para crianças, o desenho Turma do Folclore traz historinhas envolvendo os principais nomes do folclore nacional. Há episódios disponíveis na íntegra no YouTube, e também a quinta e sexta temporada no streaming Amazon Prime Video.

Vou Te Contar - YouTube

Produzida pelo canal Futura em 2008, Vou Te Contar é composto por uma série de vídeos curtos, e disponíveis na página da emissora no YouTube, que trazem explicações a respeito de figuras marcantes do folclore brasileiro, com narração de Fernando Alves Pinto e entrevistas com pessoas que reforçam a tradição oral das histórias. 

 

Tudo o que sabemos sobre:
folclore

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.