Ulrika Malm/ Netflix
Ulrika Malm/ Netflix

'Amor e Anarquia': conheça a série da Netflix, com história e elenco

A produção sueca é composta por apenas oito episódios, com duração de meia hora, aproximadamente, cada um deles

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de novembro de 2020 | 10h03

Mal chegou ao catálogo da Netflix, a série sueca Amor e Anarquia (Love & Anarchy) promete bons momentos de tensão para o público. Tanto é verdade que já se especula se haverá uma segunda temporada, mas ainda não há confirmação dessa continuação. A produção é composta por apenas oito episódios, com duração de meia hora, aproximadamente, cada um deles. 

A consultora Sofie Rydman (Ida Engvoll), casada e mãe de dois filhos, é contratada para modernizar uma antiga editora de livros e, para isso, contará com a ajuda de do jovem Max Järvi (Björn Mosten), um técnico de TI. Ao ser pega pelo rapaz quando estava fazendo algo impróprio, a relação entre os dois tomará nova dimensão. 

A partir daí, Sofie e Max começam um inesperado jogo de sedução, que começa inocente mas tomará outros rumos. De forma escondida e inocente, os dois se desafiam a fazer coisas que questionam as regras sociais da vida moderna. Mas a brincadeira ganha contornos mais ousados e as consequências serão na mesma proporção.

Com o passar do tempo, os desafios vão ficando cada vez mais complicados e arriscados. Em um determinado momento, o que seria uma diversão passa a significar um risco para a empresa, o que faz com que Sofie repense o que está fazendo. Mas deixar o jogo pode  não ser assim tão simples. 

Criada por Lisa Langseth, que também dirige os episódios, além de cuidar do roteiro junto Alex Haridi, Amanda Högberg e Antonia Pyk. 

 

Elenco

Além dos protagonistas, veja os atores que participam de todos os episódios da primeira temporada:

Carla Sehn (Caroline Dahl)

Reine Brynolfsson (Friedrich Jägerstedt)

Gizem Erdogan (Denise Konar)

Björn Kjellman (Ronny Johansson)

Ren Hanami (Gertrude)

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.