Zubin Mehta: três noites em SP

O maestro indiano Zubin Mehta está novamente no Brasil. À frente da Orquestra Filarmônica de Israel, ele vai comandar três concertos na Sala São Paulo. O primeiro, sábado, é promovido pelo Centro de Cultura Judaica; os outros dois, no domingo e segunda, pertecem à temporada internacional da Sociedade de Cultura Artística e são promovidos pela Rádio Eldorado FM.As apresentações serão distintas. Amanhã, o programa reserva Mandarim Maravilhoso, de Bela Bartok, Concerto nº 1 para Trompa, de Richard Strauss, e Sheherazade, de Rímski-Kórsakov. Nos dois últimos concertos entram, além de Mandarim Maravilhoso, as sinfonias nº 1 de Beethoven, nº 5 de Mahler, nº 35 de Mozart, e nº 9 de Schubert. A renda do primeiro concerto será revertida para o Centro de Cultura Judaica, que inaugura nova sede, na Rua Oscar Freire, em setembro. Mehta regeu a Filarmônica de Israel pela primeira vez em 1961. Vinte anos depois, em 1981, recebeu o título de diretor musical vitalício da orquestra.Orquestra Filarmônica de Israel ? Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, s/nº, tel.: 3337-5414). Amanhã, domingo e segunda, às 21 h. Ingressos de R$ 80 a R$ 220. Televendas tel.: 256-0223.

Agencia Estado,

02 de agosto de 2001 | 22h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.