Jonah Sykes / Berkshire Community College / AFP
Jonah Sykes / Berkshire Community College / AFP

Yo-Yo Ma improvisa concerto após receber a segunda dose da vacina contra covid-19

Colocado em observação depois de ser vacinado, violoncelista tocou por cerca de quinze minutos sentado em uma cadeira de plástico, antes de ser calorosamente aplaudido pelo público

AFP, Redação

14 de março de 2021 | 16h50

Músicas de esperança e conforto ressoaram no sábado em um centro de vacinação americano, onde o  violoncelista Yo-Yo Ma improvisou um concerto após receber sua segunda dose da vacina da covid-19.

O artista, nascido na França há 65 anos e de pais chineses, surpreendeu outros pacientes e funcionários do Berkshire Community College, em Massachusetts, segundo trechos de sua apresentação publicados na página da instituição no Facebook.

Posto em observação após receber a injeção, ele tocou por cerca de quinze minutos sentado em uma cadeira de plástico, antes de ser calorosamente aplaudido pelo público.

Ele queria "retribuir com algo", disse o gerente do centro Richard Hall, citado pelo jornal local The Berkshire Eagle.

Há um ano, o músico publica regularmente suas interpretações de Bach ou Beethoven, entre outras, nas redes sociais sob as hashtags #songsofcomfort ou #songsofhope (canções de conforto ou esperança).

"Nestes tempos de ansiedade, quero continuar compartilhando a música que me conforta", explicou em um tweet há um ano.

O solista também se apresentou várias vezes em memória das vítimas da pandemia e em homenagem ao pessoal médico.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Yo Yo Mamúsicacoronavírusvacina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.