Yamandú Costa e seu mestre Lúcio Yanel no Sesc

Os violões vão ferver em ebulição com o encontro do brasileiro Yamandú Costa e o argentino Lúcio Yanel, pelo show Discípulo e Mestre, amanhã e domingo no teatro do Sesc Pompéia. O título do show justifica-se pelo simples fato de Yanel ter sido o professor de Yamandú - que não poupa afagos ao mestre. "Tornei-me músico por dois motivos", diz. "Primeiro, por causa de meu pai, também violonista, que me levava para shows quando eu tinha apenas 4 anos. O segundo é Lúcio Yanel, que despertou em mim, ainda na infância, o fascínio pelas seis cordas." O repertório do show se concentrará nas músicas do disco Dois Tempos, que deve ser lançado em breve pela dupla. Além da faixa-título (de Yanel), serão apresentadas Cristal (de Yamandú), La Cau (do folclore Correntino), El Parana en una Zamba (de Ariel Ramirez), Amazônia (de Yanel), Dr. Sabe Tudo (de Dilermando Reis) e Brejeiro (de Ernesto Nazareth). Yamandú despontou no cenário da música instrumental brasileira depois de seu excelente desempenho no Prêmio Visa Instrumental 2001 - do qual foi o vencedor e lhe rendeu comparações com violonistas virtuosos como Baden Powell e Raphael Rabelo. Yanel conviveu com a família do aluno durante vários anos e exerceu forte influência no seu estilo. Yamandú Costa e Lúcio Yanel - No teatro do Sesc Pompéia Rua Clélia, 93. Tel.: 3871-7000. Amanhã, às 21h, e domingo, às 18h. R$ 20,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.