Whitney Houston internada em clínica de reabilitação

Whitney Houston se internou em uma clínica de reabilitação para tratar de seu vício em crack e heroína, de acordo com a revista The National Enquirer. A cantora norte-americana se internou na clínica Sierra Tucson, no Arizona, Estados Unidos, sem dizer nada ao marido, o produtor Bobby Brown. "Quando Bobby voltou de viagem e não encontrou Whitney, num primeiro momento achou que ela estava fora se drogando", declarou Tina Brown, cunhada da cantora, que entregou ao tablóide britânico The Sun fotos do banheiro da mansão de Whitney na Georgia, em Atlanta, cheio de drogas e seringas. "Demorou uns dias para que ele soubesse que Whitney tinha se internado e mais outros dias para descobrir aonde ela estava. Tudo o que Bobby me disse é que ela está reclusa, se tratando", acrescentou Tina. Bobby e Whitney tem uma filha, Kristina, de 13 anos, que está atualmente sob os cuidados do irmão da cantora, Gary Houston, e sua mulher, Pat. O porta-voz de Whitney, Nancy Seltzer, se recusou a dar declarações à The National Enquirer. "Eu espero que desta vez resolva", disse Tina. "Ela ainda pode voltar e ser a estrela que ela era, a cantora que o mundo adolatrava. Eu rezo para Deus para que ela consiga se manter limpa". Whitney, que trabalhou também como atriz em O Guarda-Costas, ao lado de Kevin Costner, alcançou grande sucesso nas décadas de 80 e 90 e serviu de inspiração para muitas cantoras da atualidade, mas nos últimos anos sua carreira foi prejudicada pelo uso de drogas e por sua relação conturbada com Bobby Brown.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.