Whitney Houston confessa que drogas ainda são tentação

Cantora, que já se internou duas vezes por desintoxicação, diz recorrer a Deus para superar atração

Efe,

16 de setembro de 2009 | 11h42

A cantora americana Whitney Houston disse que ainda se sente atraída pelas drogas, mas confia em Deus para ajudá-la a superar a tentação, segundo entrevista transmitida nesta quarta-feira, 16, pelo talkshow de Oprah Winfrey, um dos mais assistidos programas dos EUA.

 

A artista, de 46 anos, afirmou estar recuperada da dependência que tinha quando esteve casada com o também cantor Bobby Brown, época em que foi consumidora frequente de maconha e cocaína. "Não acho que não tenho vontade de consumi-las. Levo um minuto para esquecer isso, rezo e vai embora", disse Whitney à apresentadora Oprah.

 

A cantora, ganhadora de seis prêmios Grammy, disse que, em seus piores momentos, encontra em Deus a força para seguir adiante. Entregue a suas convicções, disse que foi sua fé que a ajudou a deixar o seu agora ex-marido após 14 anos de um relacionamento que descreveu como "emocionalmente abusivo".

 

Durante o tempo em que esteve casada com Brown, a intérprete do filme "O Guarda-Costas" (1992) se submeteu em duas ocasiões a tratamentos de desintoxicação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.