Whitney Houston busca inspiração em Israel

A estrela norte-americana da música pop Whitney Houston chegou a Israel em busca de inspiração para seu próximo álbum de Natal. Whitney, que chegou a Jerusalém no domingo à noite foi recebida pelos Judeus Negros, um grupo de cerca de 2 mil norte-americanos negros que há várias décadas começaram a se instalar em Israel, seguindo um ex-motorista de ônibus de Chicago. Eles diziam ser descendentes de uma das tribos perdidas de Israel.Seus costumes religiosos incluem uma estrita dieta vegetariana e a poligamia, e têm um conhecido grupo de coro na cidade de Domona, no meio do deserto. Israel não os reconhece como judeus."É um momento espiritual na vila da paz em Domona", disse Patricia Houston, porta-voz e cunhada da cantora. "Ela queria estar aqui antes de gravar seu álbum espiritual", explicou.Segundo Patricia, Whitney Houston tinha planejado viajar a Israel antes, mas adiou inúmeras vezes por questões de segurança. "Nós pressionamos por isso, trabalhamos dois anos por esta visita, porque queríamos enviar aos norte-americanos a mensagem de que Israel é um lugar seguro para se visitar apesar dos problemas que temos", disse Asiel Ben-Israel, da comunidade Judeus Negros.Whitney Houston está acompanhada por um grupo de familiares, inclusive o marido Bobby Brown e sua filha. Whitney ficará uma semana em Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.