J.F. DIORIO/ESTADÃO
O cantor e compositor Walter Franco, em 2000 J.F. DIORIO/ESTADÃO

Walter Franco morre em São Paulo aos 74 anos

Cantor e compositor paulistano estava internado após sofrer um AVC

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de outubro de 2019 | 07h46

O cantor e compositor Walter Franco morreu na madrugada desta quinta-feira, 24, aos 74 anos, em São Paulo. A informação foi divulgada na página do artista nas redes sociais e pelo filho, Diogo. "Agradeço a todas as orações e boas vibrações nesses últimos dias, mas sinto dar a notícia de que nosso Walter Franco partiu tranquilamente", escreveu.

O velório se estende até às 19h, na Funeral Home, no bairro da Bela Vista. Em seguida, o corpo será cremado na Vila Alpina.

Por volta do dia 16, o cantor foi hospitalizado após sofrer um AVC e foi internado em São Paulo. "Não trago boas notícias, pois meu pai não está bem de saúde. Não quero entrar em detalhes no momento, mas ele teve um AVC na semana passada e segue internado. A todos que o querem bem, peço que emanem pensamentos positivos, de paz e conforto", publicou em sua rede o filho de Franco.

O cantor é um dos nomes da música de vanguarda no Brasil. São de sua autoria músicas como Cabeça, Me Deixe Mudo, Canalha e Respire Fundo. Já foi regravado por artistas como Chico Buarque, Titãs, Leila Pinheiro, Ira! e Camisa de Vênus.

Franco nasceu em São Paulo no dia 6 de janeiro de 1945 e se formou na Escola de Arte Dramática, EAD. Iniciou compondo trilha sonora para a peça Os Olhos Vazados, de Emílio Di Biasi.

Aplaudido na era dos festivais da canção nos anos 1960, Franco teve a música Não se Queima um Sonho interpretada por Geraldo Vandré. Em 1972, ele participou do Festival Internacional da Canção, da Rede Globo, com a apresentação do sucesso Cabeça.

Seu álbum mais celebrado é Revólver, de 1976. Em 1973 gravou Ou Não, Respire Fundo (1978), Vela Aberta (1979), Walter Franco (1982) e Tutano (2001).

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Walter Francomúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.