Wagner Tiso volta à raiz mineira em trilha de filme

Desde o início do mês, o maestro e compositor Wagner Tiso está entre o estúdio sinfônico da Rádio MEC, do Rio, e o do também compositor Renato Terra, gravando a trilha sonora do filme O Brilho das Coisas, de Helena Solberg, adaptação do livro Minha Vida de Menina, de Alice Daryell, clássico contando a vida de uma adolescente mineira no início do século 20. São 42 temas que, segundo a diretora, "conduzem a ação e a emoção" e, com esse filme, Tiso completa 18 longas, em que sua música teve essa função. "Só que dessa vez trabalhei diferente. O normal é estar no projeto desde o roteiro, visitar o set de filmagem e opinar em todas as etapas", disse Tiso, num intervalo da gravação. "É um filme de época, entre o fim do século 19 e o início do século 20, quando a música brasileira estava se formando, um período entre o barroco e o estilo romântico que viria depois. Naquela época, já havia serestas e muita polca. Usei bandolim, piano e acordeon e orquestra de cordas para dar mais densidade ao som." A história se passa em Diamantina e Alice (vivida por Ludmila Dayer), que escreveu com o pseudônimo de Helena Morley, é filha de um inglês que imigrou para enriquecer com o comércio da pedra preciosa que dá nome à cidade. Não teve sorte, mas casou-se com uma mulher da cidade (personagem de Daniela Escobar). Helena Solberg escolheu Wagner Tiso por suas raízes mineiras e por sua experiência em trilhas sonoras. "Meu único pedido foi que não usasse música folclórica", disse ela. "Quis evitar o regionalismo na trilha sonora." Helena Solberg quer lançar O Brilho das Coisas em 2004, mas Wagner Tiso tem mais duas trilhas de longas para este ano. Ums delas é para O Homem de Lagoa Santa, um docudrama do mineiro Renato Menezes, contando a passagem do cientista Peter Lund pela cidade vizinha a Belo Horizonte, onde encontrou vestígios do homem pré-histórico. O outro é Desafinado, de Walter Lima Jr., companheiro antigo do maestro, cujos quatro últimos filmes têm música de Tiso. "Nesses casos, estive em todas as etapas, pois tudo influencia na hora de compor" diz.

Agencia Estado,

18 de fevereiro de 2004 | 18h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.